Sem categoria

Nos pênaltis, Uruguai vence Holanda em torneio amistoso

Depois de empatar com o Brasil no último sábado, a Holanda enfrentou o Uruguai nesta quarta-feira no Estádio Centenário e também conseguiu um resultado igual, desta vez por 1 a 1. Com isso, o título da Copa Confraternización foi decidido nos pênaltis e os uruguaios levaram a melhor na disputa por 4 a 3.

O primeiro tempo começou franco, aberto. A Holanda, com maior qualidade técnica no meio, começou assustando os uruguaios, que respondiam prontamente em contra-ataques. As equipes, porém, pecavam no último passe e poucas chances eram criadas.

A primeira grande chance do jogo foi dos uruguaios. Aos 24 minutos, Luis Suárez puxou contra-ataque pela esquerda, se livrou da defesa e cruzou na cabeça de Cavani, que faria o gol se Erik Pieters não tivesse tirado a bola em cima da linha.

Aos 37, foi a vez dos holandeses assustarem. Após boa troca de passes, a bola foi parar nos pés de Van Persie, que finalizou de pé esquerdo por cima do gol de Muslera. Os uruguaios responderam em seguida com um gol de Luis Suárez mal anulado pela arbitragem.

Após o intervalo, o jogo ficou um pouco mais truncado, sem muitos ataques de ambos os lados. Na primeira finalização certa, porém, o Uruguai abriu o placar. Após bela jogada de Cavani pelo lado esquerdo, a bola sobrou para Luis Suárez, que finalizou no canto esquerdo de Tim Krul.

Aos 46, porém, Dirk Kuyt empatou para a seleção holandesa, aproveitando cobrança de escanteio e mantendo o bom retrospecto da equipe, que só perdeu uma das últimas 37 partidas: a final da Copa do Mundo contra a Espanha, na prorrogação. Nos pênaltis, Van Persie e Elia desperdiçaram as cobranças pela Holanda, enquanto apenas Lodeiro não converteu pelos uruguaios.

Com o empate no tempo normal, a Holanda agora soma oito jogos de invencibilidade contra equipes sul-americanas. A última derrota foi para o Brasil, em 1999.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo