Sem categoria

No ataque, Alemanha goleia Austrália

Após jogos de placares magros, finalmente uma seleção conseguiu fazer muitos gols nesta Copa do Mundo. Foi a Alemanha, que se valeu de um bom dia de seus atacantes para golear a Austrália por 4 a 0, em Durban, na estreia das duas equipes pelo grupo D da Copa do Mundo, neste domingo.

No início da partida, quem chegou foi a Austrália. Aos três minutos, escanteio foi cobrado da esquerda, e a bola foi escorada para Richard García, que bateu na pequena área. A bola resvalou em Philipp Lahm, e o goleiro Manuel Neuer conseguiu tirar o perigo trazido pela Austrália.

Contudo, logo depois a Alemanha começou a impor seu jogo em campo. Aos seis minutos, Miroslav Klose chegou pela direita na grande área e bateu para o rebote do goleiro Mark Schwarzer. A bola sobrou com Mesut Ozil, passando para o chute de Thomas Muller, que mandou para escanteio.

Não demorou muito e, enfim, surgiu o gol que abriu o placar para a Alemanha. Aos oito minutos, pela direita, Ozil passou a bola a Muller. Já na área, o atacante alemão cruzou para trás e, ainda na grande área, mas do lado oposto, Lukas Podolski chutou forte. Schwarzer ainda tocou na bola, mas ela balançou as redes, decretando o 1 a 0 do Nationalelf.

Aos 20, os Socceroos voltaram a reagir. García recebeu de Brett Emerton, na entrada da área, cortou para a meia-lua e chutou, mas a bola passou por cima do gol de Neuer. Mas rapidamente a Alemanha conseguiu chegar: aos 22, Muller progrediu pela direita e cruzou rasteiro para a pequena área, mas Podolski não chegou a tempo para concluir.

No minuto seguinte, veio mais uma chance alemã. Podolski recebeu bola pela esquerda, chegou pelo lado e cruzou para a área, rasteiro. Bem posicionado, Miroslav Klose acabou completando para fora, mesmo livre na área.

Mas não demoraria muito para que o artilheiro da Copa de 2006 conseguisse fazer 2 a 0. Aos 27 minutos, da esquerda, Lahm cruzou para a área, Schwarzer saiu mal do gol, e Klose cabeceou para as redes, marcando o segundo alemão no jogo.

Klose marcou seu gol de número 11 em Copas do Mundo

A partir de então, a Mannschaft dominou completamente as ações de ataque, e várias chances para o terceiro foram criadas. A primeira delas veio aos 30 minutos, Bastian Schweinsteiger fez passe em profundidade para Özil. O meio-campista livrou-se da linha de impedimento e saiu na cara de Schwarzer. No entanto, quando tocou, o arqueiro australiano conseguiu resvalar na bola, e Lucas Neill completou o serviço, tirando a bola da pequena área.

Logo depois, num espaço de um minuto, foram criadas duas chances. Aos 39, Lahm chegou à linha de fundo e cruzou para a área, mas Sami Khedira cabeceou por cima do gol. E aos 40, Podolski lançou Özil pela esquerda, e o camisa 8 alemão conseguiu driblar Schwarzer. No entanto, a bola avançou demais e saiu pela linha de fundo.

No segundo tempo, a Austrália até começou com uma tentativa de lance. Aos seis minutos, Brett Holman, que entrou no lugar de Vince Grella, saiu da marcação de Arne Friedrich e bateu cruzado. Porém, a bola passou à esquerda de Neuer, saindo pela linha de fundo.

Depois, voltou o domínio alemão. Aos nove minutos, em bonito lance, o time de Joachim Löw quase chegou ao gol: Lahm chegou pela direita, cruzou, e Özil fez o corta-luz para que Muller batesse forte, por cima do gol de Schwarzer.

E as chances de reação da Austrália diminuíram drasticamente no minuto seguinte. Após disputa de bola, Tim Cahill derrubou Schweinsteiger com um carrinho por trás. E o árbitro mexicano Marco Rodriguez expulsou o meio-campista australiano, diretamente.

Daí por diante, a Alemanha acumulou chances e mais chances. Aos 13 minutos, Özil veio pela direita e bateu rasteiro e cruzado, para a defesa de Schwarzer. E aos 14, na entrada da área, Sami Khedira passou a Klose. O atacante bateu, e Schwarzer defendeu parcialmente. No rebote, Klose deixou com Khedira, mas o meio-campista bateu para fora.

Até que, finalmente, vieram os gols. Aos 22 minutos, Lukas Podolski carregou a bola da esquerda para o meio, e passou a Thomas Muller. O atacante chegou à meia-lua, cortou Craig Moore e chutou cruzado e rasteiro. A bola ainda bateu na trave direita de Schwarzer antes de entrar.

E, aos 25, veio o gol que completou a goleada. Pela esquerda, Holger Badstuber fez o passe a Özil. E o meio-campista chegou à área e cruzou rasteiro, para a entrada de Cacau. E o atacante, que substituíra Klose, só teve o trabalho de escorar para as redes, completando o bom dia alemão.

E Cacau o seu primeiro gol em Mundiais

Ficha técnica

Alemanha 4×0 Austrália

Local: Estádio Moses Mabhida, Durban
Data: 13/06, domingo
Árbitro: Marco Rodriguez (MEX)
Público: 62.660 pessoas
Gols: Lukas Podolski aos 8'/1T e aos 22'/2T, Miroslav Klose aos 26'/1T e Cacau aos 25'/2T (Alemanha)
Cartões amarelos: Mesut Özil e Cacau (Alemanha); Lucas Neill, Craig Moore e Carl Valeri (Austrália)
Cartão vermelho: Tim Cahill (Austrália)

Alemanha
1-Manuel Neuer; 16-Philipp Lahm, 17-Per Mertesacker, 3-Arne Friedrich e 14-Holger Badstuber; 6-Sami Khedira, 7-Bastian Schweinsteiger, 8-Mesut Özil (23-Mario Gomez aos 29'/2T) e 13-Thomas Müller e 10-Lukas Podolski (21-Marko Marin aos 35'/2T); 11-Miroslav Klose (19-Cacau aos 23'/2T). Técnico: Joachim Löw.

Austrália
1-Mark Schwarzer; 8-Luke Wilkshire, 3-Craig Moore, 2-Lucas Neill e 11-Scott Chipperfield; 13-Vince Grella (14-Brett Holman no intervalo), 16-Carl Valeri, 7-Brett Emerton (15-Mile Jedinak aos 29'/2T), 5-Jason Culina e 19-Richard García (17-Nikita Rukavytsya aos 19'/2T); 4-Tim Cahill. Técnico: Pim Verbeek.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo