Sem categoria

Na Ásia, Austrália pode ser primeiro time na Copa

Último país a se classificar para a Copa do Mundo de 2006, ao vencer o Uruguai na repescagem, a Austrália pode, agora, tornar-se a primeira seleção a carimbar o passaporte rumo à África do Sul. Jogando em Sydney, nesta quarta, contra o Uzbequistão, pelas Eliminatórias asiáticas, os Socceroos dependem de uma combinação de resultados para garantirem vaga na Copa-2010. Além de obterem a vitória, a equipe comandada por Pim Verbeek tem de esperar por um empate entre Bahrein e Catar, partida a ser disputada em Manama. Assim, abriria oito pontos de vantagem em relação a ambos, a duas rodadas do fim da Fase Final, podendo festejar a classificação.

Verbeek, porém, pode ter problemas para escalar o time que irá a campo. Nada menos do que quatro jogadores do elenco estão às voltas com lesões e são dúvidas: o zagueiro Beauchamp e os meias Cahill, Valeri e Bresciano. Entretanto, a tarefa do treinador uzbeque, Mirjalol Qosimov, é ainda mais ingrata: ter de montar a equipe sem a disponibilidade do principal jogador, o atacante Maksim Shatskikh, do Dynamo Kiev, que está doente e já foi confirmado como desfalque para a partida.

Na outra partida da chave, Catar e Bahrein jogam o confronto direto para tentarem alcançar o terceiro lugar, posto em que poderiam jogar contra o 3º do Grupo A para decidir quem seria o adversário da Nova Zelândia, campeã da Oceania, na repescagem. O histórico do confronto é equilibrado: em 26 jogos, os barenitas tem apenas uma vitória a mais do que os catarenses. E, nessas Eliminatórias, a vantagem também parece ser do Bahrein, já que os oponentes ainda não venceram sob o comando do francês Bruno Metsu.

Já no Grupo B, o principal jogo da rodada será disputado em Seul. As duas Coreias procuram a vitória, que as manteria com uma vantagem segura em relação à Arábia Saudita, terceira colocada, que, reanimada pela vitória fora de casa sobre o Irã, enfrentará o lanterna do grupo, os Emirados Árabes Unidos, em Riad. Em caso de vitória contra os emiratenses e derrota dos sul-coreanos, os Falcões Verdes assumiriam a segunda posição.

Concacaf

Após a vitória por 2 a 0 contra a Costa Rica, que devolveu esperanças de melhora, o México tenta prosseguir com a seqüência de recuperação nas Eliminatórias, enfrentando Honduras, fora de casa, em San Pedro Sula. Embora o time de Sven Goran Eriksson tenha perdido sua última partida contra os hondurenhos, na última rodada da terceira fase, por 1 a 0, a tarefa desta quarta parece mais fácil, com os Catrachos sem o atacante David Suazo. Ainda liderando o grupo, mesmo com a derrota para os mexicanos, os costarriquenhos recebem El Salvador em casa. Os salvadorenhos procuram a primeira vitória no Hexagonal final, que aumentaria as chances de vaga na Copa. A animação é favorecida após o empate contra os Estados Unidos, vice-líderes da chave.

Os comandados de Bob Bradley, por sua vez, enfrentam Trinidad & Tobago, em casa, procurando recuperar-se do mau resultado contra os Cuscatlecos. Os trinitários chegam para o jogo com a ausência do atacante Dwight Yorke, ainda cumprindo suspensão pela expulsão na partida contra El Salvador.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo