Sem categoria

Moratti e Galliani são acusados de fraude fiscal

Massimo Moratti, presidente da Internazionale, e Adriano Galliani, vice-presidente do Milan, vêem seus nomes envolvidos em uma polêmica. Os dois dirigentes são alvo de uma investigação da Justiça italiana por uma suposta fraude fiscal.

Segundo matéria publicada nesta quarta-feira pelo diário ‘Corriere della Sera’, Carlo Nocerino, fiscal de Milão, analisa transferências de jogadores realizadas pelas duas equipes nos últimos anos. Há suspeitas de existir uma diferença entre os valores oficiais e os pagos efetivamente, e esse dinheiro teria sido desviado para Moratti e Galliani.

“A Justiça tem o direito de investigar esses assuntos. Podemos explicar tudo isso”, afirmou Moratti a respeito do processo. De acordo com o jornal, a Inter apresentará ‘argumentos técnicos’ para se livrar das acusações.

Por sua vez, Galliani também negou a existência de irregularidades. “Afirmo que não cometemos crime algum. Não creio que algum de nós seja culpado de fraude fiscal. No entanto, falamos de futebol e acredito que as equipes sejam livres para calcular o valor de seus jogadores”, disse o vice-presidente dos rossoneri.

A Justiça italiana também investigou Roma e Lazio, sem encontrar evidências de uma possível fraude fiscal.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo