Sem categoria

Milan terá revanche de 2005

O Milan será o adversário do Liverpool na final da Liga dos Campeões. Os rossoneri derrotaram o Manchester United por 3 a 0 nesta quarta-feira, em San Siro, e garantiram a revanche da decisão de 2005. No jogo de ida, em Old Trafford, os Red Devils haviam vencido por 3 a 2.

No próximo dia 23 de maio, em Atenas, o Milan terá a oportunidade de vingança da derrota de Istambul, quando caiu nos pênaltis após desperdiçar uma vantagem de 3 a 0 e empatar por 3 a 3 no tempo normal. O Liverpool eliminou o Chelsea na terça-feira, nas penalidades, depois de devolver em Anfield o placar do primeiro jogo.

Debaixo de muita chuva, o Milan imprimiu um ritmo forte desde o início. O primeiro gol saiu aos 11 minutos, quando Kaká recebeu passe de cabeça de Clarence Seedorf e acertou um disparo rasante que não deu possibilidades ao goleiro Edwin van der Sar. Foi o décimo gol do brasileiro, artilheiro da competição.

O Manchester United teve de esperar até os 20 minutos para criar sua primeira oportunidade no ataque – um chute rasteiro de Ryan Giggs defendido por Dida. O Milan, que já levava vantagem no confronto pelos gols como visitante, ampliou sua vantagem aos 30 minutos, com Seedorf.

Andrea Pirlo aproveitou falha do zagueiro Nemanja Vidic, foi à linha de fundo pela direita e cruzou para a área. A defesa afastou para a meia-lua, e o holandês se livrou de dois adversários antes de colocar no canto esquerdo.

O United voltou com uma formação tática diferente para o segundo tempo, adiantando Cristiano Ronaldo para o ataque ao lado de Wayne Rooney. O time inglês podia se agarrar à história, já que na campanha do título de 1999 derrotou a Juventus por 3 a 2 depois de estar perdendo por 2 a 0, mas não chegou nem perto de repetir o feito.

Carlo Ancelotti fez sua primeira alteração no Milan aos 22 minutos, trocando Filippo Inzaghi por Alberto Gilardino. Aos 32, foi a vez de Alex Ferguson mexer no time, trocando o lateral-direito John O´Shea pelo atacante Louis Saha. Um minuto depois, Gilardino balançou as redes.

O ex-atacante do Parma, que até hoje havia marcado apenas dois gols em jogos pela Liga dos Campeões, ficou livre diante de Van der Sar após passe de Massimo Ambrosini e completou para as redes na saída do goleiro, decretando o placar final.

Ambrosini e Gennaro Gattuso levaram cartões amarelos, mas estão livres para jogar a decisão. O Milan pode ter o retorno do Paolo Maldini, que não atuou por causa de um problema no joelho. No United, Cristiano Ronaldo levou um amarelo que o tiraria de uma eventual final, e agora o deixa fora do primeiro jogo do time na próxima edição do torneio.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo