Sem categoria

Man City vence, mas Dynamo Kiev leva

O Manchester City perdeu mais uma chance de título. O time pressionou, tentou, conseguiu ganhar o jogo, mas foi eliminado da Liga Europa pelo Dynamo Kiev. Os Citizens venceram o por 1 a 0 nesta quinta-feira no estádio City of Manchester, placar insuficiente para reverter a derrota por 2 a 0 na Ucrânia na semana passada.

Jogando em casa e precisando de ao menos dois gols para sobreviver na Liga Europa, o Manchester City dominou a partida, como era esperado. Com mais posse de bola, chegou mais vezes ao ataque.

Aos 12 minutos, Mario Balotelli completou muito mal para o gol e perdeu um gol feito, praticamente dentro da pequena área. O time conseguiu chegar nas proximidades do gol, mas não conseguia finalizar. Enquanto isso, o Dynamo Kiev usava os contra-ataques para tentar assustar, mas pouco conseguiu fazer para trabalhar a bola no ataque.

Aos 36 minutos, o italiano Mario Balotelli mostrou um pouco do seu maior repertório. Perdeu a bola e entrou com o pé no peito do adversário, dando uma de Nigel De Jong. O árbitornão titubeou e o expulsou.

Três minutos após a expulsão de Balotelli, o Manchester City conseguiu abrir o placar. Em cobrança de falta ensaiada com David Silva, Aleksandar Kolarov bateu bem de esquerda e contou com a colaboração do goleiro Olexandr Shokovskiy.

No segundo tempo, o Dynamo Kiev começou assustando aos oito minutos. Em um grande chute de fora da área, Andriy Yarmolenko chutou de canhota, com curva, mas a bola passou muito perto e foi fora.

Aos dez, uma boa chance do Manchester City. David Silva receeu bom lançamento em velocidade, fez bem a finta e, na hora de finalizar, tentou mais um drible. Acabou perdendo o ângulo e chutou travado para fora, ganhando só escanteio.

Aos 20, mais uma chance para o Dynamo Kiev. Em cobrança de escanteio, Denys Garmash cabeceou para o chão, e bola ia na direção do gol, mas Joleon Lescott tirou de cabeça.

Com a entrada de Adam Johnson, que voltava de lesão, e a saída de Gareth Barry, o time do City passou a fazer muita pressão no campo de ataque. O time insistia em chegar pelos lados do campo e mandar a bola para dentro da área, especialmente após os 30 minutos, com a entrada de Edin Dzeko. O bósnio participou de dois lances perigosos contra o gol do Dynamo Kiev.

Apesar de muita pressão, o Dynamo Kiev conseguiu assustar Joe Hart em outro chute de fora da área, desta vez com Roman Eremenko, aos 40 minutos do segundo tempo.

Ficha técnica:

Manchester City 1×0 Dynamo Kiev

Local: City of Manchester, em Manchester (ING)
Data: 17/03, quinta-feira
Árbitro: Cuneyt Çakir (TUR)
Gols: Aleksandar Kolarov aos 39’/1T (Manchester City)
Cartões amarelos: Carlos Tevez, David Silva, Nigel De Jong, Yayá Touré, Carlos Tevez (Manchester City), Ayiila Yussuf, Milos Ninkovic, Leandro Almeida (Dynamo Kiev)
Cartão vermelho: Mario Balotelli (Manchester City)

Manchester City

Joe Hart; Micah Richards, Vincent Kompany, Joleon Lescott e Aleksandar Kolarov (James Milner aos 42’/2T); Nigel De Jong, Gareth Barry (Adam Johnson aos 26’/2T), Yayá Touré; David Silva (Edin Dzeko aos 30’/2T), Carlos Tevez e Mario Balotelli. Técnico: Roberto Mancini.

Dynamo Kiev

Olexandr Shovkovskiy; Danilo Silva, Leandro Almeida, Ayiila Yussuf e Goran Popov; Ognjen Vukojevic, Roman Eremenko, Oleg Gusev, Andriy Yarmolenko (Betão aos 47'/2T) e Milos Ninkovic (Roman Zozulya no intervalo); Andriy Shevchenko (Denys Garmash aos 17’/2T). Técnico: Yuri Semin.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo