Sem categoria

Luís Fabiano garante vitória sobre o Uruguai

Com dois gols de Luís Fabiano, o Brasil venceu o Uruguai, de virada, por 2 a 1, no estádio do Morumbi, na noite desta quarta-feira. O gol do Uruguai foi marcado por Abreu. O goleiro Júlio César – juntamente com o ex-atacante do São Paulo – foram os melhores em campo.

O técnico Dunga surpreendeu ao escalar o Brasil com Luís Fabiano no ataque. Segundo o treinador, a medida era para ajudar as inserções dos meio-campistas. Vagner Love começou no banco.

O Brasil não começou mal, mas os uruguaios pressionavam na intermediária Brasileira. E aos 8min, as quase 70 mil pessoas que foram ao Morumbi tiveram de ver o Uruguai abrir o placar. Júlio César não interceptou o cruzamento da linha de fundo e ‘Loco’ Abreu mandou para dentro: 1 a 0.

Depois do gol, o Brasil perdeu a mão e viu o Uruguai se apossar do jogo. Errando passes graças à marcação asfixiante dos rivais, Kaká e Ronaldinho mal conseguiam alcançar a bola para armar jogadas. Contudo, ainda que a primeira etapa tenha siso melhor para os visitantes, a um minuto do final, Luís Fabiano recebeu de Maicon e puxou a bola para a linha de fundo batendo quase sem ângulo e fazendo um belo gol de empate.

Sem alterações, as duas seleções voltaram para a segunda etapa com a temperatura em queda no estádio do Morumbi. O Uruguai continuava pressionando o Brasil e obrigou o goleiro Júlio César – que atuava na casa de Rogério Ceni, muito pedido pela imprensa na Seleção – a fazer grandes defesas, constituindo-se num dos melhores em campo.

Para dominar o meio-campo, Dunga sacou Ronaldinho Gaúcho e colocou o volante Josué. A torcida ensaiou uma vaia mas rapidamente se arrependeu. Aos 19min, num cruzamento da esquerda que passou limpo pela zaga uruguaia, Luís Fabiano, mais uma vez empurrou para as redes. Na comemoração, o atacante do Sevilha recebeu um abraço de Vagner Love, exatamente o nome que foi para o banco para a sua entrada.

O Uruguai manteve-se ativo e logo depois do gol, o goleiro da Inter de Milão e da Seleção mostrou novamente serviço, fazendo uma defesa dificílima. O resto da partida ficou no gerenciamento da Seleção que não correu maiores riscos.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo