Sem categoria

“Ligue 1 é uma obsessão”

Depois de atuar em todas as partidas do Olympique de Marselha na Copa da Liga Francesa, nas vitórias sobre Saint-Etienne, Lille e Toulouse, o goleiro Elinton Andrade estava na expectativa de atuar na final contra o Bordeaux. Preterido pelo técnico do OM, Didier Deschamps, o goleiro, pouco conhecido no Brasil, conversou rapidamente conosco, sobre a conquista que tirou o time de maior torcida da França de um jejum que já durava 17 anos.

Após jogar todas as partidas da Copa da Liga Francesa, você ficou frustrado por não ter atuado na final?
Claro que eu queria jogar. Se dissesse o contrário, estaria mentindo. Mas o Mandanda é o titular e também é goleiro da seleção francesa. Às vésperas da Copa do Mundo, é normal que utilizem o Mandanda, até para que ele chegue em suas melhores condições na África do Sul.

O Deschamps conversou com você antes da decisão, quando optou pelo Mandanda?
Conversou e entendi numa boa. Não tenho do que reclamar. Independentemente de quem joga, o grupo está em primeiro plano. Também fui campeão da Copa da Liga Francesa e sei que tive boa parcela nessa conquista, uma vez que atuei nas três partidas que antecederam a decisão.

A fila de 17 anos tirou um peso das costas e uma responsabilidade de ganhar o Francês?
Obviamente gera um alívio em nós jogadores e, principalmente, na torcida. Mas um clube grande como o Marseille tem de pensar sempre em conquistas e não se contentar apenas com esta. A responsabilidade de ganhar o Francês sempre vai existir, independentemente de qualquer coisa. Nossa torcida é muito exigente.

A França está bem servida com Mandanda?
Eu sou suspeito para falar do Mandanda, pois somos muito amigos. Além de um excelente goleiro, é um grande profissional. Não tenho dúvidas de que dará conta do recado pela seleção francesa.

O OM está três pontos atrás do líder Bordeaux, na Ligue 1. A conquista da Copa da Liga dá um ânimo maior ao time?
Toda conquista aumenta a confiança de uma equipe. Mas o título do Campeonato Francês é uma obsessão de todos os segmentos do clube. Da diretoria à torcida. Estamos próximos na classificação e não podemos mais tropeçar. Tenho a certeza de que a torcida vai nos empurrar rumo a mais uma conquista.

Como estão as ruas de Marsellha após a conquista sobre o Bordeaux?
A cidade parou após a conquista, pois 17 anos sem títulos não é comum para o clube mais popular de um país como a França. Mas agora já voltou tudo ao normal. A torcida é muito grande e fanática. Foi umas das festas mais bonitas que já vi depois de um título.

Quais são seus planos no clube, já que a concorrência com Mandanda é dura?
Tenho de trabalhar para buscar o meu espaço. Uma hora isso irá acontecer. Além disso, o Mandanda é um goleiro de muito nome e a janela de transferências pode trazer alguma novidade. É esperar para ver.

Mais deste colaborador no blog: guilhermepannain.wordpress.com

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo