Sem categoria

Lennon: “Não quero ser bode expiatório”

O meia Aaron Lennon, do Tottenham, afirmou que não quer ser o “bode expiatório” da derrota do time para o Real Madrid e negou que tenha se sentido mal pouco antes do início da partida contra o Real Madrid, pela Liga dos Campeões, nesta terça-feira.

O técnico Harry Redknapp declarou que perdeu o jogador nos últimos minutos antes de definir a escalação final do time. “Nós perdemos Aaron Lennon um minuto antes do apito inicial”, explicou o treinador, depois da partida.

“Ele não se sentiu bem. Eu perguntei a ele: 'Você está bem para jogar?' E ele disse: 'Eu não tenho energia, não tenho força, eu devo durar cinco minutos'. Não havia chance de valer a pena correr esse risco. Foi uma loucura.Se ele se sentiu tão mal, decidimos que não valia a pena arriscá-lo. Nós tivemos que mudar o time pouco antes de deixar o vestiário”, disse.

O jogador negou que tenha se sentido mal pouco antes do jogo. Em sua conta no Twitter, ele alegou ter se sentido mal ainda no domingo, recebeu antibióticos, mas apenas fiquei pior antes de terça”, disse ele.

Lennon ainda fez questão de dizer que tinha vontade de atuar e não queria perder a partida. “Acredite em mim, esse era um jogo que eu não queria perder e ainda estou devastado por isso agora. Mas agora não vou ser feito de bode expiatório dizendo que eles apenas souberam antes do apito inicial”, disse.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo