Juventus: A Nova Velha Senhora

por Pedro Sacco Fonseca

A goleada contra o Palermo foi um ótimo resultado pra Juventus; não apenas pelos pontos ganhos e pelo ótimo rendimento do ataque, mas foi também um placar que expressou um time que está “amadurecendo” na série A, e reaprendendo a jogar a primeira divisão do futebol italiano.

É claro que a equipe de Turim tem uma camisa forte, jogadores experientes e que, aliados com a vontade que a juventude do time vem mostrando, têm conseguido uma classificação respeitável numa temporada bem mais disputada e de bom nível. Talvez a melhor temporada do Campeonato Italiano nos últimos 3 ou 4 anos.

Entretanto, vez ou outra a equipe pára em seus próprios erros e limitações, deixando escapar resultados, ou complicando jogos que pareciam fáceis. E esse porém é o que deixa é o que deixa a Juventus, mesmo com um jogo a mais, a ainda 3 pontos da líder Inter de Milão.

O jogo em casa contra a equipe da Sicília, que mesmo estando mais fraca do que na temporada passada ainda se apresenta em bom nível, mostrou ao técnico Claudio Ranieri que o seu elenco tem sim potencial para estar sempre colado aos nerazzurri na classificação do Campeonato.

Começar o jogo com Iaquinta foi uma boa escolha, apesar do meu ceticismo com relação às qualidades do atacante. Del Piero não vem rendendo tanto quanto na temporada passada, mas é uma ótima opção, às vezes, de banco. Nocerino, um jogador ainda jovem, vem realizando boas apresentações, assim como Chiellini e Palladino, sendo que o último foi premiado com uma convocação para a seleção de Donadoni.

Enfim, a Juventus tem, sim, potencial para explorar, e parece que está numa aliança entre juventude e experiência, para a obtenção de resultados cada vez mais expressivos na competição.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo