Sem categoria

Itália e França não saem do 0 a 0 em Milão

Itália e França empataram por 0 a 0 neste sábado, em Milão, pelo grupo B das eliminatórias da Eurocopa-08. Na reedição da final da Copa do Mundo da Alemanha, a Azzurra não conseguiu se impor em casa e perdeu a chance de assumir a liderança isolada, que agora é dos franceses.

A França tem 19 pontos, contra 18 da Escócia, que venceu a Lituânia por 3 a 1, e 17 da Itália. A Ucrânia, quarta colocada, tem 13 pontos e uma partida a menos. A rodada de quarta-feira terá confrontos diretos entre os quatro candidatos às duas vagas. A França recebe a Escócia, enquanto a Itália viaja para enfrentar a Ucrânia.

Os temores de que o hino francês fosse vaiado antes da partida foram confirmados, com o público italiano dando uma demonstração de má educação. O técnico dos Bleus, Raymond Domenech, teve de assistir das tribunas, já que cumpria um jogo de suspensão imposta pela Uefa.

A Itália entrou em campo com onze jogadores que participaram da conquista do título mundial de 2006, mas três personagens da final de Berlim contra a França ficaram de fora: o zagueiro Marco Materazzi e o atacante Luca Toni, ambos lesionados, além de Francesco Totti, que abandonou a seleção.

Do lado francês, Nicolas Anelka começou ao lado de Thierry Henry no ataque, deixando David Trezeguet no banco.

A primeira meia hora do jogo foi marcada pela cautela dos dois times, com pouca ousadia nos lances de ataque. A Itália se limitava a buscar passes longos para Filippo Inzaghi, que, isolado, pouco conseguiu fazer. A França teve boa chance em um chute de fora da área de Florent Malouda, bem defendido por Gianluigi Buffon.

Aos 33 minutos, Alessandro Del Piero recebeu de Mauro Camoranesi e exigiu boa defesa do goleiro Mickael Landreau. No minuto seguinte, Inzaghi acertou o travessão com um chute de pé esquerdo.

Os dois times voltaram sem modificações para o segundo tempo, e os espaços em campo continuaram escassos. A França manteve os onze titulares ao longo da etapa final, enquanto o técnico italiano Roberto Donadoni usou o banco de reservas. Aos 13 minutos, Camoranesi deu lugar a Simone Perrotta, e aos 20 foi a vez de Inzaghi sair para a entrada de Cristiano Lucarelli.

O cansaço da Itália se fez sentir nos 15 minutos finais. A França, apesar de se arriscar em contra-ataques e dar mais trabalho a Buffon, gradativamente foi se fechando e mostrando satisfação com o resultado. A entrada de Antonio Di Natale no lugar de Del Piero, a sete minutos do final, não rendeu frutos.

O volante Gennaro Gattuso, que levou cartão amarelo no primeiro tempo, terá de cumprir suspensão contra a Ucrânia. Para o lugar de Toni, que não vai se recuperar a tempo, Donadoni convocou Vincenzo Iaquinta, da Juventus.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo