Sem categoria

Itália aprova novo projeto contra violência nos estádios

O Conselho Ministerial do governo da Itália aprovou alterações na legislação anti-violência do país para combater os tumultos dentro e nos arredores de estádios de futebol. A notícia foi dada através de um comunicado de imprensa do Palácio Chigi, a sede do governo italiano.

No comunicado, o Conselho diz que foi aprovado “um decreto-lei que prevê novas medidas de combate aos episódios de violência em manifestações esportivas em vista da iminência do começo da nova temporada de futebol, prevista para o final de agosto”. Segundo o comunicado, foi instituído dentro do Ministério do Interior o Observatório Nacional para as Manifestações esportivas. A nova entidade terá a incumbência de “monitorar os fenômenos de violência e intolerância e promover intervenções adequadas para tutelar os espectadores e as forças de segurança”.

A violência no futebol italiana, segundo especialistas, está diretamente ligada à desordem administrativa. Os episódios de violência tinham caído sensivelmente até o ano de 2002, depois da implantação de uma legislação mais dura. Nos últimos dois anos, com a ocorrência de diversos problemas extra-campo, confrontos entre torcidas se tornaram mais comuns, especialmente nas grandes praças, como Turim, Milão e Roma.

Com a nova legislação, aumenta o período de proibição de acesso ao estádio para os envolvidos em episódios de violência entre torcedores, podendo chegar a quase 2 anos, e em casos extremos, o infrator pode passar a ser vigiado por video. Para invasão de campo ou arremesso de objetos, a punição será de acordo com o atraso causado: o infrator pega seis a dezoito meses de cadeia. 

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo