Sem categoria

Ismaël também se oferece para defender a Alemanha

Depois da oferta pública do meia Lincoln para defender a seleção alemã, há alguns dias, foi a vez do zagueiro francês Valerién Ismaël, do Bayern de Munique, afirmar estar disposto a vestir a camisa do Nationalelf.

“Sou injustamente ignorado pelo técnico Raymond Domenech”, afirmou ao diário Bild o defensor, de 29 anos, que jamais vestiu a camisa dos campeões mundiais de 1998. “Ainda espero ser chamado pelos Bleus, mas se isso não acontecer e Klinsmann me quiser, jogaria pela Alemanha.”

Felix Magath, técnico do Bayern, apoiou seu zagueiro irrestritamente. “Ele fala alemão perfeitamente e ajudaria muito a seleção alemã”, comentou o treinador.

Nascido na região da Alsácia, na fronteira com a Alemanha, Ismaël estuda até a possibilidade de levantar o histórico de seus ancestrais para, como Paulo Rink e Oliver Neuville, poder tirar o passaporte alemão e tornar-se disponível para defender o Nationalelf.

Apesar de todo o interesse demonstrado, Oliver Bierhoff, diretor técnico da seleção, já acabou com as esperanças do francês. “Achamos muito positivo que ele esteja interessado em defender a Alemanha. Mas, como aconteceu com o Lincoln, preferimos que eles defendam seus próprios países”, comentou o ex-atacante.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo