Sem categoria

Hiddink: “Tínhamos de acordar os jogadores”

Pouco tempo após a partida contra o Liverpool, na qual o Chelsea conseguiu, a duras penas, a classificação às semifinais da Liga dos Campeões, depois de empolgante empate por 4 a 4, o treinador dos Blues, Guus Hiddink, deu declarações emocionadas à rede de tevê holandesa NOS.

Ainda no gramado, Hiddink afirmou: “Minha pressão sanguínea já deve ter caído de 180 para uns 120, mas ainda precisamos esperar pelos jogos seguintes.” O holandês ainda fez ressalvas quanto à partida (“Para os torcedores, foi um resultado maravilhoso, mas ambos os times protagonizaram um festival de erros”) e frisou que o intervalo marcou o início da reação dos Blues, que perdiam por 2 a 0 e conseguiram fazer 3 a 2 no segundo tempo: “Tivemos um começo difícil e sofremos o 2 a 0. Perdemos nossa vantagem e recuamos, ao invés de avançar. No intervalo, eu estava muito irritado. Tínhamos de acordar os jogadores. Felizmente, todos são experientes. Eu sabia que o time podia reagir e eles o fizeram, afortunadamente.”

Hiddink ainda aproveitou para criticar um princípio de reclamações do treinador do Liverpool, Rafa Benítez, quanto ao árbitro da partida, o espanhol Luis Medina Cantalejo: “[Jogos como o de hoje] são jogos quentes, portanto, ele estava meio tomado pela emoção. Benítez achou que ganhamos graças ao árbitro, mas isso é injusto. Você não pode dizer isso, após um jogo como esse. E note bem: o árbitro era um compatriota dele.”

Ainda do lado dos classificados, o meia Frank Lampard, autor de dois gols, afirmou: “Foi um grande jogo de futebol. Por culpa nossa, as coisas ficaram difíceis, além do Liverpool ser um grande time. Mas é uma grande noite, passamos.” Já Didier Drogba falou sobre o adversário do Chelsea nas semifinais, o Barcelona: “Será difícil, mas, se queremos vencer a Liga dos Campeões, temos de enfrentar equipes grandes como o Barcelona.”

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo