Sem categoria

Hamburg fica próximo de vaga na Copa Uefa

Nesta quinta, com a disputa das partidas de ida das quartas-de-final da Copa Uefa, o Hamburg saiu na frente. A equipe comandada por Martin Jol teve boa atuação e venceu o Manchester City por 3 a 1, ganhando a possibilidade de poder até perder por 1 a 0 na volta, na próxima quinta-feira, em Manchester, para garantir o lugar nas semifinais. Também por 3 a 1 venceu o outro clube alemão nas quartas, o Werder Bremen, que sobrepujou a Udinese. Na primeira partida do dia, em Donetsk, o Shakhtar triunfou sobre o Olympique de Marselha, por 2 a 0. Já Paris Saint-Germain e Dynamo Kiev devem definir quem será o semifinalista na segunda partida, após o empate sem gols no Parc des Princes.

Na partida disputada na HSH Nordbank Arena, o Hamburg levou um duro golpe logo no primeiro minuto de partida: após jogada individual de Robinho, o irlandês Stephen Ireland recebeu na entrada da área e tocou no canto do goleiro Frank Rost, abrindo o placar para o Manchester City. Mas, ainda no início, apenas oito minutos depois do gol do City, os Rot-Weiss conseguiram o empate. Numa cobrança de escanteio feita por Piotr Trochowski, o zagueiro Joris Mathijsen subiu bem e cabeceou com competência, sem chances para Shay Given. No resto do primeiro tempo, embora a partida tenha se acalmado, a equipe da casa passou a ter melhor desempenho, ancorada nas boas atuações de Jonathan Pitroipa e, principalmente, de Trochowski, cobrador de praticamente todas as bolas paradas do Hamburg.

Com o segundo tempo, a superioridade dos anfitriões demorou alguns minutos para voltar a ficar latente, mas foi confirmada aos 18 minutos. Após cobrança de escanteio, David Jarolím aproveitou o rebote da defesa do Manchester City e Micah Richards cortou com a mão, dentro da área. O árbitro português Olegário Benquerença apitou o pênalti, convertido por Trochowski. Aos 34, a equipe germânica garantiu a vitória: em jogada individual do autor do segundo gol, a bola foi cruzada para Jose Paolo Guerrero. O peruano, que substituíra Ivica Olic, apenas escorou, no contrapé de Given, que nada teve a fazer.

O primeiro jogo da quinta, em Donetsk, mostrou equilíbrio em sua primeira etapa. Shakhtar e Olympique alternaram maior volume ofensivo, e, justo quando o time francês acabara de acertar uma bola na trave, com Mamadou Niang, os donos da casa abriram o placar. Aos 38 minutos, após falta cobrada por Srna, pela direita, Tyrone Mears atrapalhou a saída de gol de Mandanda, deixando Tomas Hübschman livre para abrir a contagem para o Shakhtar. No segundo tempo, uma jogada feita totalmente por brasileiros ampliou a vantagem dos ucranianos: aos 20 minutos, após tabela entre Luiz Adriano e Fernandinho, este passou a Jádson, que, da entrada da área, acertou o canto esquerdo de Mandanda com um chute colocado.

No Weserstadion, o Werder Bremen teve sua vitória garantida pela atuação do brasileiro Diego. Aos 34 minutos, em jogada individual, o meia abriu o placar. Na metade do segundo tempo, em dois minutos, os Papagaios asseguraram a vitória. Novamente com gol de Diego: o meia brasileiro se desvencilhou da marcação de D’Agostino e, com um chute no ângulo direito, superou Handanovic, aos 22 minutos. E, aos 24, Hugo Almeida, livre na área, marcou o terceiro do time da casa. Parecia que o 3 a 0 deixara a vaga muito próxima do time alemão, mas, a três minutos do fim da partida, a Udinese voltou a ter esperanças: com um chute forte, Fabio Quagliarella conseguiu o gol de honra que deixou os italianos ainda com possibilidades de vaga nas semifinais.

E, finalmente, no Parc des Princes, Paris Saint-Germain e Dynamo Kiev fizeram uma partida truncada. Ambos os times tiveram chance, mas não concretizaram-nas. O empate sem gols deixa a decisão da vaga para a partida no estádio Valeri Lobanovski, em Kiev, na próxima quinta.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo