Sem categoria

Gustavo Costas pede demissão do Cerro Porteño

Gustavo Costas deixou o comando do Cerro Porteño nesta quinta-feira. O treinador não gostou de algumas declarações feitas por Luis Pettengill, presidente do clube paraguaio, antes do confronto contra o Grêmio, na última terça-feira, pela Libertadores.

“Nesse tipo de trabalho, é importante dar um passo para trás quando já não se dão condições para manter a responsabilidade de um elenco. Não houve ressentimentos entre as partes e deu-se fim a este capítulo da melhor maneira possível”, afirmou Costas, após uma reunião com o dirigente.

Pettengill comentou com a imprensa argentina que Costas não estaria interessado em voltar a treinar o Racing, equipe na qual já havia trabalhado. O clube de Avellaneda deseja o retorno de Costas para substituir Reinaldo Merlo.

Costas estava no cargo desde janeiro de 2005. O Cerro Porteño perdeu por 1 a 0 para o Grêmio e foi eliminado da fase de grupos da Libertadores. Estanislao Struway, ex-jogador da seleção paraguaia, estaria cotado pela equipe para assumir o comando de forma interina.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo