Sem categoria

Fifa multa o México por incidente

Depois de mais de cinco horas de audiência com mais de dez envolvidos, a Fifa anunciou nesta quarta-feira seu veredicto sobre o caso do doping dos jogadores Salvador Carmona e Aarón Galindo na última Copa das Confederações.

A entidade máxima do futebol decidiu que a Federação Mexicana (FMF) terá de pagar uma multa de € 480 mil, enquanto o presidente José Alberto de la Torre foi multado em € 12.800 e recebeu uma advertência formal por seu comportamento.

Essa advertência se deve à tentativa dos dirigentes da FMF em esconder da Fifa o doping de seus dois jogadores durante a competição. Em comunicado oficial, a federação havia anunciado que Carmona e Galindo foram cortados do time por ‘indisciplina grave’. De volta ao México, porém, os dois acabaram punidos com um ano de afastamento dos gramados.

A punição mais pesada foi dada ao doutor Nicolas Zarur, presidente do Comitê Médico da FMF. O dirigente foi suspenso por dois anos de qualquer atividade futebolística, além de ter de arcar com um terço dos custos da realização da audiência (cerca de €3.200).

De acordo com a Fifa, os resultados da Copa das Confederações não serão alterados e as punições a cada um dos jogadores devem ser aplicadas diretamente pela FMF.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo