Sem categoria

Felipão confirma que deixará seleção portuguesa em 2008

Em entrevista publicada na edição desta terça-feira do jornal português Record, Luiz Felipe Scolari reiterou sua idéia de deixar a seleção portuguesa após a Eurocopa, em 2008.

“Há um prazo limite, de cinco ou seis anos. Depois disso, as coisas ficam mais difíceis porque começam a se criar hábitos e vínculos com os jogadores que podem levar a que as coisas deixem de funcionar como deve ser”, afirmou o treinador. “Por isso, será lógico e natural que no final da Euro-2008 chegue ao fim a minha ligação com a seleção”, concluiu.

Felipão deixou também em aberto a possibilidade de treinar uma equipe portuguesa ao final de seu vínculo com a seleção portuguesa, com a qual chegou ao histórico vice-campeonato europeu em 2004 e que levou à quarta colocação na última Copa do Mundo. “Agora não penso em clubes, mas não sei o que vai acontecer no dia em que tiver de deixar a seleção”, afirmou.

Scolari confirmou também ter negociado com o Benfica pouco antes da Euro-2004, quando houve muita especulação a respeito de sua saída da seleão portuguesa. “As negociações estiveram bem encaminhadas. Chegamos a discutir as bases de um contrato, verbas e duração do mesmo, mas depois houve alguém que não respeitou o princípio do sigilo”.

A razão da entrevista foi a entrega do prêmio “Artur Agostinho” de personalidade de 2006, entregue pelo diário Record.

Clique aqui e confira a entrevista no site do diário Record

Foto: Frank Kohl/Trivela

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo