Sem categoria

Eriksson assume comando do Man City

Nesta sexta-feira, o Manchester City confirmou a chegada de Sven-Goran Eriksson como seu novo treinador. Ele assinou um contrato por três temporadas com a equipe. A negociação dependia da conclusão da venda do clube para Thaksin Shinawatra, ex-primeiro-ministro tailandês.

“Estou absolutamente satisfeito e honrado por tornar-me o novo treinador do Manchester City. Será um grande desafio e já comecei a fazer as preparações para a próxima temporada. Quero montar uma equipe da qual os torcedores possam se orgulhar”, afirmou Eriksson, em entrevista ao site oficial do clube.

Segundo a BBC, Shinawatra assegurou o controle de 75% das ações do Manchester City. Em junho, o tailandês oferecera € 118,5 milhões para adquirir a equipe e a proposta havia sido aceita pelos dirigentes do Manchester City. A transação ainda precisa ser analisada pela Premier League antes de ser oficialmente concluída.

Eriksson, de 59 anos, substitui Stuart Pearce, que deixou o clube no final desta temporada. O sueco estava desempregado desde o término da Copa do Mundo, quando comandou a Inglaterra, eliminada nas quartas-de-final por Portugal. Especula-se que ele terá aproximadamente € 70 milhões para gastar com a contratação de reforços.

Em sua carreira, o técnico levou o IFK Gotemburgo ao título da Copa Uefa na temporada 1981/82. Em seguida, conquistou três títulos portugueses com o Benfica. Após comandar, Roma, Fiorentina e Sampdoria, Eriksson assumiu a Lazio em 1997, com a qual foi campeão italiano e da Recopa européia. Ele é o único técnico que fez ‘dobradinhas’ (sagrou-se campeão da liga e da copa nacional) em três países diferentes.


Veja a análise de Tomaz Alves sobre a contratação de Eriksson

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo