Sem categoria

Depois de mentira, Ireland pede dispensa da seleção

O meia Stephen Ireland pediu dispensa da seleção irlandesa nesta terça-feira, alegando que “não seria justa” sua presença na equipe após os incidentes do mês passado. Em setembro, ele foi liberado do jogo contra a República Tcheca após mentir à federação irlandesa (FAI), afirmando que sua avó havia falecido.

Depois de os dirigentes descobrirem que a avó de Ireland continuava viva, ele ainda argumentou que a outra avó havia falecido, versão que também foi desmascarada. O jogador do Manchester City admitiu, então, que havia pedido liberação porque sua namorada havia sofrido um aborto espontâneo.

“Pensei muito se seria justo com meu país e comigo mesmo se eu me juntasse ao elenco. Infelizmente, acredito que não seria nesta ocasião”, disse Ireland ao site do Manchester City.

O técnico Steve Staunton declarou que a FAI e o Manchester City “fizeram o possível” para ajudar Ireland, mas ele não está mentalmente pronto para voltar à seleção para os jogos contra Alemanha e Chipre, pelas eliminatórias da Eurocopa-08. Staunton disse ainda que o fato não afeta o futuro do meia na seleção.

A Irlanda ainda perdeu o lateral Stephen Carr, do Newcastle United, lesionado. Alex Bruce, do Ipswich Town, foi chamado para o lugar de Carr. Staunton ainda chamou o zagueiro Andy O'Brien, do Bolton Wanderers, já que John O'Shea, com uma lesão na coxa, ainda é dúvida para as partidas.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo