Sem categoria

Com gols no final, Arsenal elimina Milan

No principal jogo das oitavas-de-final da Liga dos Campeões, prevaleceu a força do atual líder da Premier League. Nesta quarta-feira, o Arsenal derrotou o Milan, atual campeão da LC e do Mundial Interclubes, por 2 a 0 e se classificou para a fase seguinte do torneio europeu. Manchester United e Barcelona derrotaram Lyon e Celtic, respectivamente, por 1 a 0 e também avançaram.

Em pleno San Siro, o Arsenal eliminou o Milan ao vencer o rival por 2 a 0. O duelo de ida no Emirates havia terminado empatado sem gols. Mesmo na Itália, os Gunners foram superiores. A melhor chance do primeiro tempo coube ao time inglês. Aos 34 minutos, Adebayor tocou para Fábregas, na entrada da área. O espanhol chutou e acertou o travessão de Kalac. O time inglês ainda reclamou de um pênalti claro não marcado em cima de Hleb. O bielorrusso foi derrubado em cima da linha da área, mas o árbitro Konrad Plautz marcou a infração a favor dos rossoneri e ainda deu cartão amarelo ao meia.

No segundo tempo, o Arsenal manteve a pressão em cima do Milan. Logo no primeiro minuto, Senderos desperdiçou uma boa chance após uma cobrança de escanteio. Quatro minutos depois, Eboué mandou para fora. Os rossoneri praticamente não ameaçaram a meta defendida por Almunia.

Quando a prorrogação parecia ser o destino para definir o classificado, o Arsenal marcou. Aos 41, Fábregas recebeu na intermediária, avançou e, de fora da área, acertou o canto direito de Kalac. Nos acréscimos, Walcott escapou da marcação de Kaladze na direita e cruzou para Adebayor, livre, definir o resultado. Caía o atual campeão europeu e mundial, em situação complicada na Série A. Hoje, o time está em quinto, fora da zona de classificação para a próxima LC.

Barcelona avança sem sustos

No Camp Nou, o Barcelona justificou sua condição de favorito e venceu o Celtic por 1 a 0. O Barça entrou em campo em boa situação, pois havia derrotado o adversário na Escócia por 3 a 2. O panorama ficou ainda melhor com três minutos de jogo. Ronaldinho tocou para Sylvynho na esquerda; o brasileiro cruzou e Xavi mandou sem chances de defesa para Boruc.

Os Bhoyz sentiram o gol e demonstraram dificuldades para chegar ao campo de ataque. Já os donos da casa rondavam a área rival, mas não conseguiam concluir suas jogadas ofensivas. Os blaugranas perderam Messi, machucado, aos 37. O argentino foi substituído por Henry.

Com a tranqüila vantagem, o Barcelona apenas cuidou de administrar o resultado. Mesmo sem forçar muito o ritmo, os blaugranas estiveram perto de marcar em dois lances quase consecutivos. Boruc apareceu bem e defendeu as finalizações de Ronaldinho e Deco, mas o Celtic não teve forças para reagir.

Manchester United elimina Lyon

No Old Trafford, o Manchester United dominou o Lyon, venceu o rival por 1 a 0 e se classificou. Na França, o duelo terminou empatado por 1 a 1. Apesar de manter a bola sob seus pés por mais tempo, o Manchester United teve problemas para vencer a defesa dos lioneses. Os visitantes começaram um pouco tímidos e arriscaram chutes de longa distância. Os Red Devils fizeram valer seu domínio aos 41. Brown cruzou da direita e Anderson viu seu chute desviar na zaga; no rebote, Cristiano Ronaldo venceu Coupet para abrir o marcador.

Após o intervalo, os Red Devils perderam a chance de ampliar aos 27 minutos. Rooney preferiu o chute em vez de passar para Tevez e Cristiano Ronaldo, melhor posicionados. O Lyon respondeu dois minutos depois. Em boa jogada com Benzema, Keita acertou a trave de Van der Sar. Pelo segundo ano seguido, o Lyon caiu nas oitavas-de-final da LC.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo