Sem categoria

Com gol de Rooney, Man Utd é campeão mundial

Pelo placar mínimo, o Manchester United bateu a LDU em Yokohama e sagrou-se campeão do Mundial de Clubes 2008. Os Red Devils pressionaram os campeões da Libertadores durante todo o primeiro tempo, mas foi no segundo, com um jogador a menos e com o jogo mais equilibrado, que Rooney conseguiu superar a defesa dos equatorianos.

Em um primeiro tempo em que praticamente só se defendeu, a LDU criou a primeira chance de gol aos 3min. Em cruzamento para dentro da área, o zagueiro Campos, desmarcado, desperdiçou a oportunidade.

Depois do susto inicial, o Manchester não saiu mais do campo de ataque. Wayne Rooney tentou concluir aos 9min, depois de lançamento de Carrick, e batendo longe aos 14min quase viu o goleiro Cevallos se atrapalhar. Aos 19min, Tevez, de peixinho, completou belo cruzamento de C. Ronaldo e obrigou o goleiro a fazer grande defesa. Dois minutos depois, Rooney tentou encobrir Cevallos.

Em ritmo mais lento, o Manchester só voltou a ameaçar os equatorianos aos 34min. Completando bela troca de passes dos atacantes, Park chutou da direita. Os Red Davils também atacaram aos 40min, com Tevez em contra-ataque puxado por Evra e aos 44min, em um chute desajeitado de Park

O Manchester ficou com um jogador a menos aos 3min da segunda etapa. Vidic se enganchou com Bieler fora do lance e acertou uma cotovelada no jogador da LDU. O sacrificado para organizar o sisitema defensivo foi Tevez, que deu lugar a Evans.

A expulsão atraiu deixou o jogo mais equilibrado. Aos 63min, a finalização do meia Manso obrigou Van der Sar a trabalhar pela primeira vez. Sete minutos depois, o goleiro do Manchester teve que sair da área para parar o contra-ataque da LDU e aos 70min mostrou reflexo ao agarrar novo chute forte de Manso.

O gol da vitória seiu justamente no momento em que o Manchester menos atacava. C.Ronaldo dominou passe de Carrick dentro da área e, marcado, teve tranqüilidade para deixar de lado para Rooney balançar as redes aos 73min.

Construída a vantagem, o time inglês limitou-se a marcar a LDU, que pouco pôde fazer. A um minuto do fim, da Van der Sar, de mão trocada foi responsável pela defesa mais difícil do jogo e impediu que Manso levasse a decisão para a prorrogação.

Rooney foi eleito o melhor jogador do torneio e levou a Bola de Ouro da Fifa. Cristiano Ronaldo levou a Bola de Prata, e Manso, da LDU, a de Bronze.

Gamba Osaka leva disputa de terceiro lugar

Assim como fez o Urawa Red Diamonds no ano passado, os donos da casa venceram a disputa pelo terceiro lugar. No jogo que começou às 5h30 (de Brasília), no mesmo estádio, o Gamba Osaka derrotou o Pachuca do México com um único gol aos 28min da etapa inicial.

Para a alegria da torcida do Estádio Internacional de Yokohama, Yamazaki recebeu passe pelo alto e chutou forte, sem chance para o goleiro Calero. A defesa mexicana ficou pedindo impedimento e apenas assistiu o lance.

Depois do gol, os japoneses se animaram e foram ao ataque. Depois de algumas boas chances no primeiro tempo, os jogadores diminuíram o ritmo no segundo. Criaram pouco, mas não tiveram a meta ameaçada pelos campeões da Concacaf. 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo