Sem categoria

Brasil triunfa e atrasa classificação do Chile

Sem o peso da necessidade da vitória, o Brasil apresentou bom futebol mesmo com diversos desfalques, e venceu o Chile por 4 a 2 em Salvador, nesta quarta-feira, para encerrar a rodada das Eliminatórias Sul-Americanas.

O destaque da partida foi para o atacante Nilmar, que além de ter mostrado energia, movimentando-se o com velocidade durante todo o jogo, também marcou um hat-trick no confronto válido pela 16ª rodada, adiando os planos de classificação dos chilenos. Na mesma noite, o Paraguai tornou-se a segunda equipe sul-americana a garantir a vaga para o Mundial de 2010, vencendo a Argentina por 1 a 0.

O Chile entrou em campo com time bastante ofensivo, determinado a arrancar os três pontos de qualquer maneira. Porém, quem saiu na frente foram os brasileiros. Aos 31 minutos, Daniel Alves lançou a bola na área e o novo jogador do Villarreal empurrou para o fundo do gol, marcando seu primeiro na partida.

A Seleção comandada por Dunga ampliou a vantagem ainda no primeiro tempo. Aos 40 minutos, pressionando a saída de bola chilena, Nilmar fez belo corte, e a bola sobrou para Júlio Baptista concluir para as redes.

Porém, os visitantes reagiriam antes do fim do primeiro tempo. Sánchez chegou pela direita da área brasileira e, após driblar André Santos, foi derrubado por Felipe Melo: pênalti para os chilenos. Aos 45 do primeiro tempo, Humberto Suazo cobrou no ângulo direito e, apesar de Julio César ter ido na direção da bola, não consegiu alcançá-la.

Mal começava o segundo tempo, e o Chile assustou o Brasil com a reação. Em falha e marcação da defesa brasileira ao sete minutos, Suazo recebeu cruzamento pela esquerda de Beausejour, e chutou, livre, para dentro do gol. Minutos antes, Felipe Melo era expulso, por dura falta em Sánchez.

Depois do empate, o Brasil parecia menos preocupado em marcar, ou mesmo em atacar, e cedeu espaço aos chilenos. Apenas próximo dos 30 minutos do segundo tempo a Seleção Brasileira pareceu acordar.

Em cruzamento de Maicon na área, Nilmar cabeceou e marcou seu segundo gol da partida. O ex-atacante do Internacional estava inspirado, e, apenas dois minutos depois, aproveitou rebote de Maicon na área chilena para anotar seu terceiro gol no jogo – o quarto vestindo a camiseta da Seleção Canarinho.

Por reclamação aos 33 minutos, Sánchez também recebeu o vermelho, e foi expulso, deixando 10 de cada lado.

A vitória deixou o Brasil com 33 pontos, ainda com tranquilidade na liderança do grupo sul-americano, enquanto o Chile continua buscando três pontos nos últimos dois confrontos para chegar ao Mundial. O Equador, com vitória sobre a Bolívia nesta quarta-feira, assumiu a quarta posição e se mantém na briga. Agentina, Uruguai e Venezuela seguem embolados, muito próximos na tabela.

Os venezuelanos venceram o lanterna Peru no último jogo da noite de quarta-feira, por 3 a 1, e chegaram aa 21 pontos. Fedor, duas vezes, e Vargas garantiram a vitória, enquanto Fuenmayor marcou gol contra os donos da casa, diminuindo para a equipe visitante.

As duas últimas rodadas das Eliminatórias acontecerão em outubro, e definirão as últimas vagas do torneio da África do Sul, em 2010.

Confira os confrontos das Eliminatórias sul-americanas:

Bolívia 1×3 Equador
Uruguai 2×1 Colômbia
Paraguai 1×0 Argentina
Brasil 4×2 Chile
Venezuela 3×1 Peru

Clique aqui e confira a classificação.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo