Sem categoria

Alemanha vence e abre vantagem na ponta

Em jogo isolado do grupo 4 das Eliminatórias da Copa de 2010, nesta quarta, a Alemanha venceu o Azerbaijão por 2 a 0, no estádio Tofik Bakhramov, em Baku. Com o triunfo, o time comandado por Joachim Löw ampliou a liderança na chave, ficando agora com 19 pontos, quatro à frente da Rússia, vice-líder.

No começo da partida em Baku, os donos da casa trouxeram o primeiro lance de perigo ao gol de Robert Enke. Aos 10 minutos, Vagif Javadov chegou perto da área, mas demorou para chutar, o que permitiu à defesa da Alemanha se recompor. Javadov ainda passou a bola a Mahir Shukurov, mas este não conseguiu completar o ataque.

Reagindo imediatamente, a Alemanha chegou ao gol que abriu o placar. Aos 12 minutos, Piotr Trochowski passou a bola a Bastian Schweinsteiger. Na entrada da área, Schweinsteiger driblou um defensor com o pé direito, trocando para o esquerdo, com o qual chutou. A bola foi no ângulo, e balançou as redes do goleiro Veliyev.

Ao longo da etapa inicial, os alemães criaram mais chances de ampliar o placar. Aos 19 minutos, Miroslav Klose quase marcou, enquanto, aos 25, Per Mertesacker cobrou falta que saiu por cima do gol de Veliyev.

As últimas chances germânicas dos 45 minutos iniciais vieram com Mario Gomez, aos 35, que quase conseguiu cabecear um cruzamento de Philipp Lahm (Veliyev se antecipou para defender), e com Klose, nos acréscimos, ao completar, também de cabeça, cruzamento de Mertesacker, que passou por cima do gol. O Azerbaijão chegou perto aos 43 minutos, quando Allagverdiyev passou pela defesa e chutou, para boa defesa de Robert Enke.

O segundo tempo

No começo da etapa final, as duas equipes criaram novas possibilidades. Aos sete minutos, Elvin Mammadov passou a Vugar Nadirov, que chutou muito por cima do gol de Enke. No instante seguinte, Ballack correu com a bola dominada e arriscou de longe, rasteiro, para Veliyev defender em dois tempos. A chance mais próxima veio com Klose, cuja cabeçada venceu o goleiro, mas foi tirada por Rashad Sadigov, em cima da linha.

Até que, aos nove minutos, a Alemanha conseguiu ampliar. Após livrar-se da marcação com uma virada de corpo, Mario Gomez arriscou um chute. A bola bateu no travessão, e sobrou para Klose, que cabeceou para o gol vazio, fazendo 2 a 0 para os visitantes.

No resto da etapa final, os azeris ainda tentariam com Nadirov, que arriscou de longe, com Enke defendendo a bola. Com a vitória praticamente assegurada, a Alemanha ainda tentou aos 31 minutos, com Lahm lançando a bola para Klose, que não conseguiu dominá-la. No entanto, a partida terminou mesmo com vitória alemã.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo