Mundo

Estevão comanda classificação da Seleção Brasileira contra o Equador no Mundial Sub-17

Promessa do Palmeiras, Estevão comanda vitória; Seleção Brasileira aguarda Argentina ou Venezuela nas quartas de final

Nesta segunda-feira (20), a Seleção Brasileira venceu o Equador no Estádio Manahan, em Surakarta, na Indonésia, e garantiu vaga nas quartas de final do Mundial Sub-17. E isso não seria possível se não fosse por Estevão, que comandou a equipe de Phelipe Leal e ajudou a Amarelinha de quebrar um tabu amargo.

Promessa do Palmeiras, o jogador de 16 anos marcou dois gols nas oitavas de final do torneio e foi fundamental para o Brasil eliminar o rival sul-americano. Agora, Estevão, também conhecido como “Messinho”, já balançou as redes três vezes no Mundial da categoria, e briga pela chuteira de ouro da competição.

Na mira do Barcelona, Estevão continua provando jogo após jogo que a expectativa criada sobre ele é justificada. A joia do Verdão abriu o placar contra o Equador depois de fazer o facão e ser encontrado por Kauã Elias. O jovem atleta deixou Collahuazo no chão e estufou as redes para a Seleção Brasileira.

Com a pressão dos equatorianos, e a falta de pontaria do time de Leal, o empate aconteceu ainda no final do 1º tempo, quando Bermúdez aproveitou uma bate-rebate dentro da grande área da Amarelinha para marcar um gol de primeira. Na volta do intervalo, Estevão colocou a bola debaixo do braço e colocou o Brasil de volta à vantagem no marcador.

Após boa jogada individual, o camisa 20 da Seleção sofreu falta perto da área adversária e se prontificou para cobrar. Além da qualidade com a bola nos pés, o jogador do Palmeiras também conta com a sorte, pois conseguiu fazer o gol de bola parada ao contar com o desvio em Davis.

Luighi deu números finais a partida após Pedro Lima achar uma bela assistência em direção à pequena área do Equador. A Amarelinha espera seu próximo adversário no Mundial Sub-17, que será o vencedor do confronto entre Argentina x Venezuela, nesta terça-feira (21), às 9h (horário de Brasília).

Estevão ajuda Brasil Sub-17 a quebrar tabu contra Equador

Mais do que a classificação no Mundial sub-17, Estevão ajudou o Brasil sub-17 a quebrar um tabu contra o Equador. Isso porque as gerações das duas seleções já haviam se enfrentado outras quatro vezes, e todos os jogos terminaram empatados. No Sul-Americano de 2023, a Amarelinha empatou duas vezes com o rival por 2 x 2 na campanha do título.

Ao vencer os equatorianos pela primeira vez, a joia do Verdão fez uma análise da decisão e destacou a garra da equipe de Phelipe Leal. Estevão reconheceu que a Seleção sofreu mais do que deveria, porém, comemorou a vitória da competitivade para avançar no Mundial da categoria:

A gente soube fazer os gols, aproveitar nosso momento no jogo. Sofremos um pouquinho, mas o Brasil é assim: um jogo muito forte, competitivo. A gente mostrou toda a nossa força, competimos do começo até o final e vamos lutar sempre até o fim”

Com o discurso de não escolher adversário, o Brasil volta a campo na próxima sexta-feira (24), às 9h (horário de Brasília), no Estádio Internacional de Jacarta, sonhando com uma vaga na semifinal do Mundial Sub-17.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus CristianiniRedator

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo