México

Técnico de Honduras ameaça sair por prêmio não pago

O treinador da seleção hondurenha, Reinaldo Rueda, insinuou que pode deixar o cargo caso a federação não pague o prêmio de US$ 1,3 milhão prometido à comissão técnica e aos jogadores pela classificação para a Copa do Mundo de 2010.

O presidente da federação, Rafael Leonardo Callejas, reconheceu a dívida e prometeu efetuar os pagamentos em no máximo uma semana, mas não explicou as razões do atraso.

Honduras, que disputou seu último Mundial em 1982, fará três amistosos na Europa antes de viajar para a África do Sul. A equipe está no grupo H, com Espanha, Chile e Suíça.

“Os jogadores têm razão de reclamar, porque é algo justo que eles conquistaram”, declarou Rueda. “Estamos (comissão técnica) na mesma situação, não temos nenhum privilégio”.

“Os jogadores querem estar tranquilos para maio, e eu quero ir à Europa com o grupo mentalmente bem e devidamente concentrado. Espero que aquilo que ocorrer não influencie na minha decisão de continuar na seleção”, concluiu.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo