México

Suposto caso de racismo cria polêmica no Equador

Emilio Valencia, presidente da associação de jogadores do Equador, repudiou os comentários discriminatórios feitos por Johnny Baldeón. O atleta do Deportivo Quito teria ofendido Jairo Campos, defensor da LDU e da seleção, com insultos racistas.

“É certo que coisas assim aconteceram ou acontecem em partidas de futebol, mas não deveriam ocorrer, especialmente para a união e o bem-estar de todos”, afirmou. Baldeón dissera que, ‘com a presença de negros como ele [Campos] na seleção, a equipe está como está’ nas Eliminatórias da Copa-2010. O Equador perder seus dois jogos no torneio (1 a 0 para a Venezuela e 5 a 0 para o Brasil).

Já Patricio Torres, diretor da LDU, disse que não pedirá uma punição a Baldeón. “Não somos perseguidores. Tratamos de dimensionar devidamente as coisas”, comentou. Tais ofensas teriam sido proferidas em uma recente partida entre LDU e Deportivo Quito, mas Baldeón nega as acusações.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo