México

Sul-Americana: Alex brilha em vitória do Inter sobre o Boca

O Internacional ficou perto de obter uma vaga nas semifinais da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, o Colorado derrotou o Boca JUniors por 2 a 0, no confronto de ida das quartas-de-final do torneio. Já o Palmeiras levou de 1 a 0 do Argentinos Juniors em casa, em jogo marcado por erros do juiz. O River Plate se afundou um pouco mais em sua crise ao sair do Monumental de Núnez com uma derrota de 2 a 1 para o Chivas.

No Beira-Rio, o Internacional derrotou o Boca Juniors por 2 a 0 e ficou em boa situação para garantir presença nas semifinais da Sul-Americana. O destaque da noite ficou para o meia Alex, autor dos gols da vitória do Colorado. Os xeneizes mandaram a campo um time repleto de reservas e praticamente não ameaçou o clube gaúcho.

Aos 13 minutos de jogo, D’Alessandro acertou a trave em cobrança de falta. O Inter pressionou, criou boas chances com Alex e Bolívar, mas os gols sairiam apenas no segundo tempo. Logo aos quatro minutos da etapa final, Alex dominou, avançou e chutou rasteiro para fazer.

Pouco depois, Fondacaro quase marcou contra ao desviar um cruzamento de D’Alessandro no travessão. Aos 33, os xeneizes ficaram com um a menos: Noir foi expulso por falta violenta em Magrão. O Colorado fechou o placar aos 43, em forte chute de longe de Alex. O duelo em La Bombonera será em 5 de novembro.

Em uma partida com uma arbitragem polêmica, o Palmeiras perdeu por 1 a 0 do Argentinos Juniors em pleno Parque Antarctica. No primeiro tempo, os donos da casa reclamaram de um gol aos 17 minutos. Léo Lima cobrou falta, a bola bateu no travessão, quicou depois da linha do gol e saiu. O árbitro colombiano Luiz Buitrago mandou seguir. No rebote, Thiago Cunha cabeceou no travessão.

No segundo tempo, mais confusão. Aos 13 minutos, Diego Souza bateu e Mercier cortou com a mão dentro da área. O camisa sete palmeirense converteu o pênalti com paradinha. O juiz não só mandou o lance voltar como deu cartão amarelo a Diego Souza. Na nova cobrança, o goleiro Torrico se adiantou e defendeu.

O Argentinos Juniors marcou seu gol aos 21. Escudero recebeu na esquerda e bateu cruzado no canto de Marcos. Nervoso, o Palmeiras perdeu Evandro e Gladstone, expulsos. Após o apito final, alguns palmeirenses partiram para a discussão com os adversários. O jogo de volta será em 5 de novembro.

No Monumental de Núñez, o River Plate deu mais um vexame. Os Millonarios perderam por 2 a 1 do Chivas e se complicaram. A um minuto do fim do primeiro tempo, o time mexicano saiu na frente. Edgar Solis chutou, o goleiro Ojeda espalmou para frente e Omar Arellano mandou para as redes.

Na segunda etapa, o River, penúltimo colocado no torneio Apertura, quase igualou aos 31 com ‘El Loco’ abreu, que acertou o travessão. Cinco minutos depois, o Chivas ampliou. Arellano foi à linha de fundo pela esquerda, cruzou para trás e Marco Fabián fez. Abreu diminuiu nos acréscimos, em cobrança de pênalti. As duas equipes voltam a se enfrentar em 6 de novembro.
 

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo