México

Jogador colombiano lamenta envolvimento em morte de torcedor

Após matar, a tiros, no último domingo, o torcedor Israel Cantillo, que protestava contra a perda do título Apertura colombiano para o Once Caldas, o atacante Javier Florez, do Atlético Junior de Barranquilla, assumiu o arrependimento pela atitude.

Florez, que entregou-se à polícia da Colômbia no dia seguinte ao incidente, falou sobre o incidente a dois veículos. À rádio RCN, declarou: “Isso é algo que não deveria ter acontecido. Estou bastante triste e arrependido, e nem sei que palavras usar para pedir perdão.”

Em entrevista ao diário El Tiempo, de Bogotá, Florez assumiu estar embriagado quando cometeu o assassinato, e disse: “Não se deve misturar armas com bebidas alcoólicas. São coisas que trazem consequências muito perigosas. Mas aconteceu, e agora tenho de assumir e saber que não pode se repetir.”

O jogador agradeceu, ainda, ao apoio que recebe dos colegas de time, bem como de comissão técnica e diretoria dos Tiburones: “Estou muito agradecido com eles, porque não me deixaram só. Nem sei como agradecer.”

Agora, o jogador e a família da vítima esperam pela audiência na Justiça, marcada para a próxima segunda, que deve definir a pena de Florez.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo