México

Internacional conquista Copa Sul-Americana

De forma inédita, o Internacional sagrou-se campeão da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, no Beira-Rio, o Colorado perdeu por 1 a 0 do Estudiantes no tempo normal. Na prorrogação, graças a um gol de Nilmar, o time gaúcho se tornou o primeiro time brasileiro a ficar com o troféu do torneio.

No primeiro tempo, as duas equipes criaram poucas chances claras de gol. O Internacional, vencedor do primeiro duelo por 1 a 0, apostava nas jogadas em velocidade com Alex, Nilmar e D’Alessandro. O Estudiantes, por sua vez, levava algum perigo nas bolas paradas.

Aos 30 minutos, após uma cobrança de falta, Nilmar desviou de cabeça e acertou a trave, mas o atacante estava impedido e o lance foi anulado. Dois minutos depois, o Estudiantes foi prejudicado por um erro da arbitragem. Benitez cobrou falta na intermediária e Boselli, em posição legal, cabeceou para as redes. O juiz apontou um impedimento inexistente e o gol não valeu.

Pouco antes do intervalo, o Colorado assustou. Aos 42, em uma bola rolada na entrada da área, Andrezinho acertou um chute forte; a bola desviou na zaga e obrigou o goleiro Andújar a fazer defesa complicada.

Na segunda etapa, o Inter quase abriu o placar logo aos 15 segundos. Andrezinho recebeu de Nilmar e chutou; a bola acertou a rede pelo lado de fora. Depois disso, o Estudiantes dominou os donos da casa. Aos 20 minutos, em falta cobrada da esquerda, a zaga colorada apenas observou Alayés pegar de primeira e marcar para a equipe argentina.

Na prorrogação, o Internacional cresceu e acuou o Estudiantes, cujos jogadores davam nítidos sinais de cansaço. No segundo tempo, aos oito minutos, a torcida colorada enfim respirou aliviada. Em cobrança de escanteio, Danny Moraes cabeceou e o goleiro Andújar fez uma defesa difícil. A bola bateu no travessão e voltou para Gustavo Nery. Novamente o arqueiro do Estudiantes fez boa intervenção. No entanto, ele não conseguiu pegar o toque de Nilmar, oportunista, dentro da pequena área. Era o gol do título.

O Internacional se tornou o primeiro clube brasileiro a conquistar todos os títulos de torneios continentais possíveis (levando-se em consideração apenas as competições existentes hoje): Copa Sul-Americana, Libertadores e Recopa Sul-Americana – isso sem contar o Mundial de Clubes da Fifa.

O Colorado terá a chance de brigar pelo bicampeonato da Recopa, quando enfrentará a LDU (atual campeã da Libertadores).

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo