México

Goleiro do Cienciano agride gandula e acaba na delegacia

A partida entre Cienciano e Total Clean, realizada nesta quarta-feira pelo campeonato peruano, acabou em confusão. Juan Flores, goleiro da equipe de Cuzco, teve que comparecer a uma delegacia após o jogo por ter chutado um gandula.

Aos 30 minutos de jogo, Flores deveria cobrar um tiro de meta, mas a torcida do Total Clean começou a chamá-lo de ‘maricas’. O gandula, que estava por perto, teria rido do episódio. O goleiro se irritou e agrediu o rapaz com uma ‘voadora’ na perna. Segundo um membro da direção do Cienciano, o gandula teria feito provocações ao jogador durante a partida.

Flores, que disputou a última edição da Copa América pela seleção peruana, recebeu cartão vermelho. Freddy Caoquira Ccalla, o gandula agredido, foi levado a um hospital de Arequipa. O goleiro foi levado à delegacia para assumir a responsabilidade de sua atitude e arcar com os custos de internação do rapaz.

O Total Clean venceu a partida por 1 a 0.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo