México

Gignac adicionou mais uma obra de arte à sua lista de golaços pelo Tigres, com um voleio perfeito

Gignac abrilhantou a vitória do Tigres por 3 a 1 sobre o Chivas Guadalajara, com seu terceiro gol em cinco rodadas pelo Clausura

Os 36 anos de idade não são problema para André-Pierre Gignac continuar brilhando no Campeonato Mexicano. O centroavante empilha seus gols com o Tigres e começou muito bem o Torneio Clausura. Em cinco rodadas, o francês anotou três gols (todos em partidas consecutivas) e serviu uma assistência. E, além dos números superlativos, Gignac também exibe seu talento na forma de golaços. Mais um entrou para a conta, com um voleio sensacional nos 3 a 1 sobre o Chivas Guadalajara.

Guido Pizarro já tinha aberto o placar quando Gignac assinou sua pintura, aos 44 minutos do primeiro tempo. A bola ajeitada na área nem parecia inspirar um gol bonito, quando o centroavante resolveu dar plasticidade à jogada. Aproveitou que o balão ganhou altura e, com espaço, emendou seu voleio. Lance perfeito, pela enorme qualidade de sua acrobacia. No segundo tempo, Carlos González anotou o terceiro do Tigres e Jesús Angulo descontou ao Chivas.

O mais curioso é que o gol de Gignac, ainda assim, pode nem ser considerado o mais bonito da rodada. O líder Puebla arrancou o empate por 1 a 1 com o Atlas, atual campeão, graças a uma bicicleta maravilhosa de Guillermo Martínez. Aos 50 do segundo tempo, o centroavante dominou de cabeça e executou sua pedalada indefensável. Outro lance que mereceu aplausos.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo