México

Cruzeiro questiona final em La Plata

A dois dias da primeira partida da final da Copa Libertadores contra o Estudiantes, o Cruzeiro afirma aguardar um posicionamento das autoridades sobre a realização do jogo em La Plata. O motivo é o surto da “gripe suína” (AH1N1), que fez pelo menos 44 vítimas em território argentino.

Apesar de o Estudiantes ter oferecido garantias ao clube brasileiro na última semana, os dirigentes cruzeirenses esperam uma intervenção da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

“O Cruzeiro oficializou à CBF essa preocupação para que eles enviem ao comitê de urgência da Conmebol”, disse o diretor de futebol Eduardo Maluf. “Queremos que seja feira uma avaliação com os órgãos competentes da Argentina. Não adianta o vice-presidente de futebol do Estudiantes nos dar garantia, o diretor de futebol do Cruzeiro dar garantia. Nós precisamos é que assumam as responsabilidades. Se tem condição ou não de ter o jogo”.

“Estamos acompanhando nos últimos dias as notícias que têm vindo de Buenos Aires, que têm nos deixado preocupados. O ministro da Saúde deu algumas declarações, cidades da província de Buenos Aires estão em estado de emergência sanitária. Já não existe mais nenhum evento esportivo, todos eles cancelados. Estão tomando posições que têm deixados todos nós muito preocupados”, justificou Maluf.

A princípio, a viagem do Cruzeiro para a Argentina está marcada para esta terça, mas o clube também trabalha com a possibilidade de viajar no dia do jogo.

“Agora já existe uma possibilidade de irmos no dia do jogo, porque quanto mais exposto você está lá, mais perigoso é. Só que você não pode mudar uma programação normal do futebol para ir a um lugar em que há risco. Acho que ninguém vai sair daqui tranquilo”, afirmou o dirigente.

Mexicanos

Dois confrontos das oitavas de final deixaram de ser realizados por causa da gripe suína no México. Na ocasião, a Conmebol deixou nas mãos de São Paulo e Nacional-URU a opção de viajar ou não para os jogos contra Chivas de Guadalajara e San Luis, respectivamente. Diante da recusa dos adversários, os mexicanos se retiraram da competição.

A federação mexicana chegou a romper com a Conmebol, mas houve um acordo para que Chivas e San Luis disputem a Libertadores de 2010 partindo novamente das oitavas de final.

[embedcode get="script" playlist_id="match"]
Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo