México

Com dois expulsos, Flamengo perde do Nacional por 3 a 0

O Flamengo deu vexame nesta quinta-feira na Libertadores. No Uruguai, a equipe carioca visitou o Nacional, perdeu por 3 a 0 e teve dois jogadores expulsos. Pelo mesmo placar, o Boca Juniors derrotou o Atlas, em noite histórica para o atacante Martin Palermo. Também por 3 a 0, o Atlético Nacional ganhou do Sportivo Luqueño em casa.

No grupo 4, o Flamengo se tornou o primeiro clube brasileiro a ser derrotado nesta edição da Libertadores. Nervoso em campo, o time carioca foi superado pelo Nacional por 3 a 0. Os donos da casa saíram na frente aos 40 minutos de jogo. Romero chutou cruzo, Bruno espalmou e Richard Morales marcou no rebote. Dois minutos depois, Toró agrediu um gandula e recebeu o primeiro cartão vermelho do Fla.

Na segunda etapa, a situação dos rubro-negros ficou ainda pior logo aos cinco minutos. Leonardo Moura fez falta violenta em Romero e também foi expulso. O Nacional foi para cima e ampliou aos 21 minutos com Richard Morales, após uma saída errada de Bruno. Aos 23, Fornaroli chutou, a bola desviou em Marcinho e parou nas redes. O Nacional foi a seis pontos e lidera a chave, seguido pelo Flamengo (quatro). Cienciano (três) e Coronel Bolognesi (um) vêm a seguir, com um jogo a menos.

Martin Palermo entrou para a história do Boca Juniors. Ele marcou um dos gols da vitória por 3 a 0 sobre o Atlas, em La Bombonera, e se tornou o maior artilheiro da história do clube, com 181 gols. O atacante fechou o placar a sete minutos do final, ao cabecear para as redes um cruzamento de Dátolo pela esquerda.

Antes, Palacio havia se destacado ao fazer os dois primeiros gols dos donos da casa. No primeiro tempo, aos 32 minutos, ele aproveitou uma falha da defesa do clube mexicano para abrir o marcador. Pouco antes do gol de Palermo, o camisa 14 recebeu do atacante e, com um toque por cobertura, encobriu o goleiro Bava. O Boca assumiu a liderança do grupo 3 com quatro pontos, seguido por Atlas (três), Colo-Colo (três) e Unión Maracaibo (um).

No grupo 7, o mesmo do São Paulo, o Atlético Nacional se igualou ao Tricolor na liderança da chave com o triunfo sobre o Sportivo Luqueño por 3 a 0. Galván Rey, Villagra e Valencia marcaram os gols da vitória dos Verdolagas. Tanto o time colombiano como o São Paulo estão com quatro pontos. O Sportivo Luqueño está em terceiro, com três. O Audax Italiano, sem pontos, segura a lanterna.

Veja os resultados dos jogos desta quinta-feira pela Libertadores:

Grupo 3
Boca Juniors 3×0 Atlas

Grupo 4
Nacional (URU) 3×0 Flamengo

Grupo 7
Atlético Nacional 3×0 Sportivo Luqueño

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo