EuropaLeste Europeu

Albânia: decisão na última rodada

O campeonato albanês, pela segunda temporada seguida, será decidido na última rodada. Se na temporada passada o duelo foi entre o Dinamo Tirana e o Partizani (o Dinamo levou a melhor), desta vez o confronto direto entre o Tirana e o Vllaznia. A vantagem do clube da capital é de um ponto (65 a 64), portanto ao Vllaznia só a vitória interessa.

O Tirana teve dias turbulentos neste mês de maio. A derrota por 2-1 para o Flamurtari na final da Copa da Albânia causou a demissão do técnico Agustin Kola, substituído por seu assistente Mauro Bencivenga, que já trabalhou com Fabio Capello nos tempos de Milan. O novo treinador conta com os gols de Ansi Agolli, contratado junto ao VPS, da Finlândia, no meio da temporada.

Já o Vllaznia, comandado pelo técnico Dervish “Deda” Hadziosmanovic, sofreu um duro golpe na penúltima rodada, ao empatar com o Lushnja, penúltimo colocado. Fora isso, o clube contou com os gols de Xhevahir Sukaj, que fez 13 gols na temporada, desde que voltou ao clube após um período na Turquia, jogando pelo Hacettepe. Entretanto, Sukaj contundiu-se, e agora a esperança de gols do clube é Vioresin Sinani, autor de 14 gols até agora. E, de acordo com o treinador, “Sukaj é nossa esperança de conquistar o título. O resultado contra o Lushnja reduziu nossas chances, mas ainda acredito”.

Além da disputa pelo título, o campeonato ainda tem uma disputa ferrenha contra o rebaixamento. O lanterna Elbasani, com 32 pontos, recebe o Teuta Durrës, quarto colocado, enquanto o Lushnja, que tem 33 pontos, recebe o Partizani Tirana, oitavo colocado com 36 pontos. O Bylis Balish, décimo com 34 pontos, recebe o terceiro colocado Dinamo Tirana (52 pontos), e o Apolonia Fier, que tem 35 pontos, recebe o Shkumbini Peqin, quinto colocado (44 pontos). Os dois últimos colocados são rebaixados diretamente, e o nono e o décimo colocados disputam playoffs contra o terceiro e quarto colocados da segunda divisão.

Malta: Hibernians e Valletta decidem o título na rodada final

Numa disputa emocionante, os dois líderes do campeonato maltês decidirão o título na última rodada, neste domingo 25. O Hibernians, com 41 pontos, precisa apenas de um empate contra o rival Valletta, que tem 39 e só conquista o título com a vitória.

O zagueiro Clayton Failla, do Hibernians, declarou que “o clube não pode perder esta oportunidade única”, mas as coisas não serão fáceis. Enquanto o ataque do Hibernians é o mais positivo da liga, com 73 gols em 27 jogos (sendo 26 gols do artilheiro Terence Scerri), a defesa do Valletta concedeu apenas 18 gols ao longo de todo o campeonato, e o time ainda teve 14 partidas sem sofrer gols. Resultado: os dois times devem se comportar de forma oposta à convencional: o Valletta terá que atacar, enquanto o rival terá que se defender caso queira o título.

Paralelamente à disputa do título, o Valletta ainda pensa na decisão da Copa de Malta, no dia 30, contra o Sliema Wanderers. Será que os Leões malteses encerram o ano com uma dobradinha?

Albânia: Josip Kuze é o novo treinador da seleção

A Federação Albanesa anunciou no último dia 20 de maio a contratação do croata Josip Kuze como novo treinador da seleção nacional. Kuze, de 56 anos, foi um ex-defensor do Dinamo Zagreb, e como treinador, dirigiu times como o próprio Dinamo, os alemães Erfurt e Mainz e os japoneses Gamba Osaka e JEF United, sendo este seu último clube. Kuze também dirigiu a seleção de Ruanda em 2007.

Kuze assinou contrato de um ano com a Federação Albanesa, e tem como primeiro objetivo comandar a seleção nos jogos contra Portugal, pelas eliminatórias para a Copa de 2010, no dia 06 de junho, e no amistoso contra a Geórgia, no dia 10 do mesmo mês.

Armênia: artilheiro do Pyunik tem potencial para ligas maiores, diz treinador

O técnico do Pyunik, Vardar Minasyan, admitiu em entrevista para o site da Uefa que adoraria ver o artilheiro do clube, o jovem Henrikh Mkhitaryan, defendendo um clube maior no futuro. O atacante, de 20 anos, já fez nove gols nas oito primeiras partidas do Pyunik no campeonato armênio.

“Henrikh está em grande fase aqui, mas gostaria de vê-lo atuando numa liga mais forte. Isso ajudaria muito a sua carreira e também a seleção, que precisa de bons valores”, afirmou Minasyan. O sonho do atacante é atuar na Premier League inglesa. “Meu clube favorito é o Arsenal”, diz. “Gosto do estilo ofensivo deles, e eu sei que Arsène Wenger bota fé em jovens valores. Por isso quero jogar lá um dia”.

Enquanto o jovem Mkhitaryan não realiza seu sonho inglês, ele vai comandando o Pyunik rumo a mais um título armênio. Depois de oito rodadas, o clube lidera tranquilo o campeonato, com 22 pontos em oito rodadas. O vice-líder é o Banants, quatro pontos atrás.

Andorra: seleção convocada para jogos das eliminatórias

O técnico da seleção de Andorra, David Rodrigo, convocou 26 jogadores para as partidas contra Belarus, dia 06, e Inglaterra, dia 10 de junho, pelas eliminatórias para a Copa de 2010. O principal nome da equipe é o defensor Ildefons Lima, que joga na Triestina, da Itália. Andorra ocupa a última posição do grupo 6 das eliminatórias, sem nenhum ponto em cinco jogos, e com apenas um gol marcado e 14 sofridos.

Azerbaijão: Baku conquista o título

Numa emocionante disputa contra o rival Inter Baku, o FK Baku conquistou seu segundo título do campeonato do Azerbaijão, ao derrotar o Mugan Salyan por 4-0 na última rodada, atingindo 62 pontos em 26 partidas. Já o Inter, que precisava vencer o Bakili e torcer pro Baku perder pontos, fez sua parte vencendo por 5-1, mas terminou o campeonato um ponto atrás.

O Baku, com o título, está garantido no segundo round eliminatório da Liga dos Campeões da próxima temporada, enquanto Inter Baku e Simurq Zaqatala vão para a Liga Europa. O Karabakh, que disputa a final da Copa local contra o Inter, também estará na Liga Europa. Bakili e MOIK foram rebaixados.

Geórgia: WIT conquista o título com uma rodada de antecedência

Aproveitando uma derrota do Dinamo Tblisi para o Mglebi Zugdidi (1-0), o WIT Georgia derrotou o Sioni Nolnisi por 4-3 para conquistar o título do campeonato georgiano com uma derrota de antecipação. O WIT saiu na frente com Giorgi Kvanginidze, mas o Sioni queria ser a zebra da vez, e virou a partida com gols de Mikhail Bobokhidze, Revaz Gotsiridze e Georgi Khidesheli, mas o WIT conseguiu virar novamente, com Giga Bechvaia, Vakhtang Kvaratskelia e Jaba Lipartia.

Segundo o técnico Nestor Mumladze, o time estava nervoso e desentrosado devido a três jogadores suspensos, mas tudo acabou dando certo.

Já na Copa da Geórgia, a final será disputada entre Dinamo Tblisi e Olimpi Rustavi, no dia 30 de maio. O Dinamo derrotou o rival local Lokomotiv, enquanto o Olimpi passou pelo WIT nas semifinais.

Belarus: BATE lidera com folga

Após oito rodadas do campeonato bielo-russo, o BATE Borisov, que disputou a fase de grupos da Liga dos Campeões na atual temporada, lidera com folga com 22 pontos em oito partidas. Disputando a segunda colocação, estão Dynamo Minsk (14), Dynamo Brest (14), Naftan, Dnepr-Transmash, Neman Grodno (os três com 13 pontos) e o Torpedo Zhodino (12). Ou seja, o BATE disputa o campeonato contra si mesmo enquanto os outros participam de um torneio paralelo…

Estônia: Levadia imbatível dispara na liderança

O Levadia Tallin disparou na liderança da Meistriliiga, com 33 pontos em onze partidas, ou seja, 100% de aproveitamento, e aos poucos vai chegando perto do tetracampeonato. O Sillamäe Kalev, vice-líder, já está oito pontos atrás, com 25. O Levadia ainda tem os dois principais artilheiros do torneio: o russo Nikita Andreev, com 12 gols, e o estoniano Vitali Gussev, com dez.

Já na Copa da Estônia, o Flora Tallin conquistou o bicampeonato após derrotar nos pênaltis o Nömme Kalju por 4-3, depois de um empate sem gols no tempo normal e na prorrogação.

Ilhas Faroe: HB lidera

O HB Tórshavn lidera o campeonato faroês, com 16 pontos em sete partidas. Logo atrás vem o NSÍ Runavik, dois pontos atrás. É do NSÍ o artilheiro, o húngaro Károly Potemkin, com oito gols.

Pela Copa nacional, nas partidas de ida das semifinais, o AB empatou com o EB/Streymur por 1-1, enquanto o Vikingur derrotou fora de casa o ÍF pela contagem mínima. Os jogos de volta acontecem no dia 28 de maio.

Cazaquistão: disputa equilibrada pela liderança

O campeonato cazaque está sendo dominado por dois clubes na atual temporada: o defensor do titulo, o Aktobe, e o novato Lokomotiv Astana, comandado pelos russos Titov e Tikhonov. O Aktobe lidera o campeonato com 22 pontos, e o Lokomotiv vem um ponto atrás, após nove rodadas disputadas.

Letônia: disputa equilibrada entre os líderes

No campeonato letão, três clubes brigam pela liderança após dez rodadas. O Liepajas Metalurgs está com 26 pontos, enquanto o Ventspils tem 24. Dois pontos atrás, em terceiro, vem o Skonto Riga, com 22 pontos. O quarto colocado, Jurmala, já vem distante, com apenas 14. Como o campeonato tem 32 rodadas, a disputa ainda promete.

Lietchenstein: Vaduz conquista a Copa

Pelo décimo-segundo ano consecutivo, o Vaduz conquistou a Copa de Lietchenstein, ao derrotar o Eschen/Mauren por 2-1, diante de 2500 espectadores. O Vaduz, que disputa o campeonato suíço (não há liga em Lietchenstein) garantiu uma vaga na Liga Europa da próxima temporada com a conquista.

O Vaduz saiu na frente na decisão com um gol do austríaco Mark Rudan, e ampliou com Benjamin Fischer. O Eschen/Mauren ainda descontou com Naim Memeti, mas o título ficou mesmo com os comandados pelo alemão Pierre Littbarski.

Lituânia: Suduva conquista a Copa

Ramunas Radavicius foi o heroi do Suduva, como autor do gol da vitória por 1-0 sobre o Tauras, na final da Copa da Lituânia. Com o título, o Suduva garante vaga na Liga Europa da próxima temporada.

Já no campeonato, o Suduva também lidera, com 14 pontos em seis partidas. O Ekranas tem o mesmo número de pontos, mas perde no saldo de gols. O Vetra vem em terceiro com treze pontos.

Moldávia: Sheriff pode garantir a dobradinha na final da Copa

O Sheriff, que garantiu no começo do mês o eneacampeonato nacional, pode conquistar também o título da Copa da Moldávia na final contra o Dacia Chisinau, neste sábado (23). Nas semifinais, o Sheriff passou pelo Tiraspol (2-1 e 3-2), enquanto o Dacia derrotou o Zimbru (2-1 e 1-1).

No campeonato, além do desistente Politehnica Chisinau, o Academia acabou rebaixado, com 24 pontos, um a menos que o Tiligul-Tiras.

San Marino: Tre Fiori espera adversário na decisão

No esquema “perdeu uma, ainda tem chance; perdeu duas, está fora” do campeonato sanmarinês, o Tre Fiori derrotou na quarta fase a Juvenes/Dogana por 6-5 nos pênaltis, após empate por 1-1 no tempo normal e prorrogação, e o Murata fez 3-2 no Virtus. O Tre Fiori, com sua vitória, está na final do campeonato, enquanto Murata e Juvenes/Dogana fazem a semifinal neste dia 25 de maio. A grande decisão acontece no dia 29.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo