Serie A

Ex-alvo do Palmeiras faz dois em virada da Lazio em primeiro jogo após saída de Sarri

Valentín Castellanos entra e faz os gols da virada da Lazio por 3 a 1 sobre o Frosinone, pela Serie A

Valentín Castellanos é argentino, mas nunca jogou profissionalmente em seu país. Ele passou por Chile e Uruguai, antes de se destacar pela MLS, no New York City FC. Seus gols pelo time norte-americano chamaram a atenção do Palmeiras, que tentou contratá-lo mais de uma vez em 2022. Entretanto, o jogador acabou indo para o Girona, onde se destacou, antes de ser vendido para a Lazio no início desta temporada.

E neste sábado (16), o jogador de 25 anos mostrou o motivo de ter chegado para ser uma sombra e possível substituto de Ciro Immobile, maior artilheiro da história do clube romano. Ele fez 2 dos gols da virada da Lazio contra o Frosinone por 3 a 2, em que a equipe pôde respirar um pouco mais aliviada na Serie A. Mattia Zaccagni fez o outro gol laziale, enquanto Pol Lirola e Walid Cheddira marcaram os gols do time anfitrião, no Estádio Benito Stirpe.

Com o resultado, a Lazio reencontrou finalmente o caminho das vitórias, e sobe na tabela. O time romano se manteve na nona colocação, com 43 pontos, mas agora voltou a se aproximar das equipes que brigam por uma vaga em competições europeias. Já o Frosinone mais uma vez bateu na trave, mas não conseguiu deixar a zona da degola. Com 24 pontos, o time está na 18ª posição, com 24 pontos.

Jogo tenso e de erros defensivos

Auxiliar de Maurizio Sarri, que deixou a Lazio na última terça-feira, Giovanni Martusciello manteve o mesmo estilo 4-3-3 do antigo treinador, valorizando a posse de bola. Mas a má fase herdada dos últimos jogos de Sarri fizeram os jogadores do time de Roma terem algumas dificuldades, e foi assim que o Frosinone abriu o placar.

Após boa jogada de Zortea na linha de fundo, o lateral-esquerdo cruzou para o segundo pau onde apareceu Lirola. Pellegrini não acompanhou o espanhol na subida, e livre, o lateral-direito do Frosinone testou no contrapé de Mandas para fazer 1 a 0, um resultado que tirava a equipe da zona da degola. Pressionados pela sequência ruim no campeonato, a Lazio ficou nervosa, e por volta dos 30 minutos, tanto Marusic como Felipe Anderson deram passes errados no campo de defesa, que não foram aproveitados pelo time anfitrião.

E o gol fez falta para o Frosinone. Aos 38 minutos, veio o empate da equipe laziale. Após jogada trabalhada pelo lado direito, Guendouzi cruzou a meia altura para o meio. Os defensores do Frosinone não se atentaram à chegada de Zaccagni, que se antecipou e empatou a partida. O gol fez bem à Lazio, que passou a fazer praticamente todas as jogadas ofensivas até o fim da primeira etapa. Immobile teve a chance da virada, mas Turati defendeu com os pés, evitando a virada antes do intervalo.

Castellanos entra e decide o jogo

O time da casa até estava conseguindo segurar o ímpeto da Lazio, mas tudo mudou a partir da entrada de Valentín Castellanos na vaga do discreto Immobile. No seu primeiro toque na bola, o argentino virou a partida de cabeça, aproveitando cobrança de falta de Luis Alberto, aos 12 minutos. E apenas 10 minutos depois, o centroavante voltou a marcar. Após bate-rebate, uma bola desviada bateu na trave, enganando o goleiro Turati. Completamente livre, Castellanos só teve trabalho de dar um sutil chute para fazer 3 a 1.

Demorou, mas o resultado adverso fez o Frosinone acordar, e com um golaço. Após cobrança curta de escanteio, a bola foi cruzada para Okoli desviar. Na sobra, Cheddira puxou uma meia-bicicleta dentro da pequena área para diminuir o marcador, aos 25 minutos. O marroquino até fez outro gol aos 27, porém, ele foi anulado pelo atacante estar em posição irregular.

A pressão do Frosinone quase foi interrompida em um contra-ataque perigoso da Lazio. Após jogada de Felipe Anderson, Cataldi rolou a bola para Luis Alberto chegar livre e bater no canto do goleiro. Mas Turati fez uma espetacular defesa, para manter sua equipe viva no confronto. Desesperado, o Frosinone passou a atacar de forma desenfreada, enquanto a Lazio se fechava e chegava à meta adversária via contra-ataques, mas sem a efetividade suficiente para chegar ao quarto gol. Mas no fim, o trabalho feito na defesa garantiu a vitória no primeiro jogo depois do pedido de demissão de Sarri, e com a estrela de Castellanos brilhando.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo