O principal jogo da rodada do Campeonato Italiano acontece neste domingo. Internazionale e Juventus entram em campo para disputar as primeiras posições da tabela. Os dois times precisam dos pontos para se aproximar do líder, Milan. O duelo será também um duelo de mestre e aprendiz. Antonio Conte foi treinador de Andrea Pirlo na Juventus e foi quem o inspirou a seguir a mesma profissão. Agora no lado dos nerazzurri, Conte aponta a Juve como referência para a Inter, que busca o seu primeiro scudetto desde a temporada do tripleta, em 2009/10, ainda com José Mourinho como treinador. Por isso, o jogo deste domingo tem muito significado simbólico.

A Inter é a segunda colocada na , com 37 pontos em 17 jogos. O Milan, líder, tem 40 pontos. A Juventus é quarta colocada atualmente, com 33 pontos, e pode chegar a 36 se vencer o jogo a menos que tem e encostar na Inter. Se vencer o time de Milão nesta rodada, fica à frente nos pontos perdidos. Como a Roma, terceira colocada, perdeu a sua partida nesta sexta-feira para a , até um empate já colocará a Juve em terceiro lugar.

LEIA TAMBÉM: O grande desempenho no clássico contra a Roma pode ser o que a Lazio precisava

Pirlo foi treinado por Conte na Juventus

Como jogador, Pirlo chegou à Juventus em 2011, quando o técnico era justamente Antonio Conte. O clube vivia um momento complicado, depois do rebaixamento e vindo de algumas temporadas sem passar nem perto de brigar pelo título. No ano anterior, o time tinha ficado apenas na sétima posição na Serie A. O técnico mesmo estava desconfiado sobre o quanto o meio-campista poderia render. Então veterano, Pirlo vinha de uma temporada ruim no Milan, jogando pouco, e acabou dispensado. O técnico do Milan era Massimiliano Allegri, que foi campeão naquela temporada 2010/11, o que validou a sua ideia de não contar mais com o jogador.

Antes da chegada de Pirlo ao elenco da Juve, Conte pensava em usar um esquema 4-4-2, com dois meio-campistas rápidos para sustentar a equipe. Com Pirlo, ele mudou a ideia para um 3-5-2, colocando Pirlo com liberdade no setor de meio-campo. Foi a chave para tirar o melhor do jogador. A Juventus seria, enfim, campeã pela primeira vez desde o escândalo Calciopoli. Embalaria nove títulos consecutivos, chegando até a temporada passada, 2019/20. Conte estava no comando da Velha Senhora nos três primeiros.

“Conte e eu temos personalidades muito diferentes, o que é provavelmente a razão de nos darmos tão bem. Ele falou comigo antes da temporada começar e continuamos com um grande respeito e carinho um pelo outro”, contou Pirlo sobre o relacionamento com o antigo treinador, agora adversário.

“Ele fez história na Juventus e eu aprendi muito com ele, então eu sempre serei grato. Conte foi o primeiro que me fez querer ser técnico. Ele é uma grande pessoa também, além de um grande técnico, mas amanhã seremos adversários na linha lateral”, afirmou o jogador.

“Eu espero ver uma Inter agressiva que quer ditar o ritmo do jogo, mas nós somos a Juventus, então vamos para San Siro com nosso estilo de futebol, sem pressão”, disse Pirlo, em coletiva de . “Não pode haver medo, nem timidez, mesmo em uma partida tão importante. Nós temos que libertar nossas mentes. Nós somos a Juventus e temos que nos acostumar com as pessoas nos pressionando”, continuou. “A vitória nos daria um impulso que vai além dos três pontos. Podemos ter filosofias diferentes no momento, mas os dois times irão lutar até o fim pelo título”.

“A Juventus é um ponto de referência para todos”, diz Conte

Será a primeira vez que Antonio Conte enfrentará o novato Pirlo como técnico, mas o olhar do treinador, de 51 anos, é que do outro lado estará um clube que é referência para todos, incluindo a Inter, por tudo que tem feito nas últimas nove temporadas em que conquistou o scudetto.

“Será um jogo entre dois times com a ambição de lutarem por algo importante. Toda partida é importante, já que sempre valem três pontos.  Inevitavelmente, a Juventus representa um ponto de referência para todos, já que eles dominaram a Itália nos últimos anos. Quando um time quer entender em que nível está, inevitavelmente o único ponto de referência na Itália é a Juventus”, afirmou Conte.

“Eu não quero falar de favoritos, nós simplesmente temos respeito por um time que dominou por nove anos e quer dominar outro ano. Respeito é o mínimo que temos que ter por tudo que a Juventus fez, especialmente porque nos últimos anos tivemos o título decidido muito cedo na Serie A”, continuou o treinador.

“Nós diminuímos a distância para eles na temporada passada e esperamos que possamos fazer o mesmo, porque eu lembro dos momentos que a Juve estava 20, 25 pontos à frente de todo e isso não era bom de ver”, disse o técnico da Inter.

“Nós ainda temos que melhorar a nossa mentalidade, nossa determinação, sentindo o sangue ferver no jogo. Isto é parte do processo de crescimento e esses rapazes estão trabalhando duro para melhorar em todos os aspectos”, analisou Conte sobre o seu time.

NA TV

Campeonato Italiano: Internazionale x Juventus
Domingo, 17 de janeiro, 16h45 (horário de Brasília)
TNT, RAI, EI Plus (Clique aqui, assine e ganhe 7 dias grátis)
Veja mais na Programação de TV

Standings provided by SofaScore LiveScore