Serie A

Atalanta sobrevive ao bombardeio, e Milan fica apenas com empate amargo na Serie A

O Milan tentou (e muito) ficar com a vitória no San Siro, mas a Atalanta se defendeu como pôde na 26ª rodada da Serie A

Neste domingo (25), o Milan empatou com a Atalanta por 1 x 1, no San Siro, pela 26ª rodada da Serie A. Com o resultado, os Rossoneri não conseguiram se aproximar das líderes Internazionale e Juventus, se mantendo na 3ª posição com 53 pontos, quatro a menos que o 2º colocado. Já La Dea continuou no 5º lugar do campeonato com 46 pontos, dois a menos que o Bologna, que fecha a zona de classificação à próxima Champions League.

O jogo ficou marcado por um golaço de Rafael Leão, que segue em alta no Milan, onde é o melhor (e mais criativo) jogador. Entretanto, a Atalanta conseguiu o empate graças a uma cobrança de pênalti e o dia inspirado de sua defesa. Os Rossoneri tentaram de tudo para ficar com a vitória na Série A, mas La Dea provou (mais uma vez) porque é uma pedra no sapato. Saiba tudo o que aconteceu no jogo aqui na Trivela.

Como foi Milan x Atalanta pela Serie A

Desde o início, o Milan tentou dominar as ações de jogo contra a Atalanta. Tanto que, logo aos dois minutos do 1º tempo, os donos da casa abriram o placar com um golaço. Rafael Leão dominou a bola na esquerda e criou uma linda jogada individual, driblando os marcadores até entrar na área. Ele então mandou um petardo no ângulo, indefensável para Carnesecchi.

O problema é que, dali para frente, a partida ficou amarrada no meio-campo. Mesmo com a posse, os Rossoneri foram incapazes de construir um ataque de perigo à defesa de La Dea. Tanto que, aos 17 minutos, foi a vez da Atalanta responder. Em jogada ensaiada através de um escanteio curto na esquerda, a bola chegou em Ruggeri, que fez um cruzamento por baixo para Djimsiti. Ele bateu de letra, tirando tinta da trave.

Antes do fim da etapa inicial, a Atalanta descolou um pênalti para empatar a partida contra o Milan. Aos 37 minutos, Giroud usou o pé alto dentro da área. Koopmeiners assumiu a responsabilidade ao pegar a bola e mandar no meio do gol para balançar as redes. E isso foi tudo até a etapa final. Os Rossoneri não souberam aproveitar o tempo que esteve com a posse, enquanto La Dea atacou em raras ocasiões.

Bombardeio sem fim

O 2º tempo começou com o mesmo roteiro, mas com o Milan muito mais ativo em seu setor ofensivo. Aos 13 minutos, Loftus-Cheek bateu firme rasteiro da entrada da área, mas nas mãos do goleiro da Atalanta. Dois minutos depois, os Rossoneri rolaram a bola da esquerda para direita até chegar em Calabria, que recebeu dentro da área e mandou uma bomba. Carnesecchi fez uma defesaça para salvar La Dea.

Já aos 23 minutos, Rafael Leão fez um belo lançamento nas costas da defesa para Pulisic, que dominou dentro da grande área, ajeitou e bateu, mas passou pertinho da trave. Oito minutos depois, os Rossoneri chegaram de novo com Loftus-Cheek, que mandou um foguete da intermediária. O goleiro de La Dea fez a defesa. Contudo, os visitantes sequer foram ao ataque até então.

A partida até ficou um pouco mais aberta nos minutos finais, com a Atalanta segurando mais a bola em seu campo de ataque, mas longe de finalizar a gol. O Milan tentou, tentou e tentou, porém, também não furou o bloqueio adversário e teve que se contentar com o empate na 26ª rodada da Serie A. E isso foi tudo até o apito final. Sem vencedores no San Siro.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo