Itália

‘Milão sempre será sua casa’: a mensagem da torcida da Internazionale a Steven Zhang

Empresário chinês, do Grupo Suning, deixou a presidência da Inter após empresa americana assumir o controle do clube

A Internazionale está sob nova direção. No último domingo (26), torcedores nerazzurri se despediram de Steven Zhang, agora ex-presidente do clube. Durante o empate por 2 a 2 com o Verona, no Estádio Marcantonio Bentegodi, adeptos da Inter hastearam uma faixa na arquibancada visitante com a seguinte mensagem: “Obrigado, presidente Zhang, Milão sempre será sua casa”.

O empresário, que sempre acompanha os jogos da Internazionale da China, manteve a tradição e assistiu ao compromisso do time pela última rodada da Série A. Em suas redes sociais, ele publicou uma foto da faixa hasteada pela torcida e agradeceu o carinho: “Vi tudo e está tudo no meu coração”.

Faixa de agradecimento da torcida da Inter para Steven Zhang (Foto: Reprodução/Gazzetta dello Sport)

Por que o grupo chinês perdeu o controle da Inter?

Na última quarta-feira (22), a empresa americana Oaktree Capital Management anunciou que assumiu o controle da Internazionale em virtude de um calote do Grupo Suning, chefiado pelo empresário Zhang Jindong. A companhia, sediada na Califórnia, não recebeu os 395 milhões de euros previstos em contrato e, por isso, tomou o comando da atual campeã da Série A. O valor precisava ser depositado pela multinacional chinesa até terça-feira (21).

Há três anos, durante a pandemia de Covid-19, o Grupo Suning pegou um empréstimo de 275 milhões de euros junto a Oaktree. Na época, a Internazionale amargou déficit de 245,6 milhões de euros durante a temporada 2020/21, por conta dos estádios fechados, e precisou recorrer a tal operação. A dívida, oriunda deste empréstimo, cresceu com o passar do tempo, e a multinacional chinesa se viu impossibilitada de quitar os débitos.

Ao assumir a Inter, a Oaktree se mostrou animada e motivada com o desafio de gerir um dos clubes mais populares e importantes da Itália.

— A Oaktree está empenhada em alcançar o melhor resultado para a prosperidade a longo prazo da Internazionale, com foco inicial na estabilidade operacional e financeira do clube. (…) Para garantir que o clube esteja posicionado para o sucesso dentro e fora de campo, focando em gestão, operações e governança robustas com uma visão de crescimento sustentável e sucesso — disse a empresa norte-americana em nota.

Títulos da ‘era Zhang’

O Grupo Suning comprou 68,7{62c8655f4c639e3fda489f5d8fe68d7c075824c49f0ccb35bdb79e0b9bb418db} da Internazionale em 2016. Com Steven Zhang na presidência, a equipe nerazzurri faturou sete títulos — todos eles conquistados após o empréstimo da Oaktree. Foram duas taças de Série A (2020/21 e 2023/24), duas Copas da Itália (2021/22 e 2022/23) e três Supercopas da Itália (2021/22, 2022/23 e 2023/24). Na temporada 2022/23, a Inter chegou na final da Champions League, mas acabou derrotada pelo Manchester City, por 1 a 0.

Inzaghi agradece Zhang e projeta encontro com novos proprietários

Simone Inzaghi é só gratidão pela gestão Steven Zhang. Após o empate da Inter com o Verona, o técnico nerazzurri concedeu entrevista coletiva e agradeceu ao empresário chinês pelos anos de parceria no clube. Além de elogiar a postura e comprometimento de Zhang, o treinador projetou o encontro com os novos proprietários que, segundo ele, acontecerá nesta terça-feira (28).

— Tive um ótimo relacionamento com a família Zhang, principalmente com Steven. Ele foi de grande ajuda, um presidente precioso, sempre presente. Este ano ele não pôde estar aqui (na Itália), mas é como se ele sempre estivesse. Eu o ouvi e o cumprimentei. Ele sabe o carinho que tenho por ele. Agora é um novo dono, vou encontrá-los na terça. Eles estão entusiasmados. Na terça-feira, com Marotta, Ausilio, Baccin, Zanetti, vamos nos conhecer e conversar. Vamos entender os programas.

A Inter de Inzaghi, Zhang e companhia garantiu o título da Série A no final de abril, com cinco rodadas de antecedência. O empate diante do Verona fez o time terminar a competição com 94 pontos, 19 à frente do vice-líder Milan.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Jornalista pela UNESA, nascido e criado no Rio de Janeiro. Cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na Trivela, é redator e escreve sobre futebol brasileiro e internacional.
Botão Voltar ao topo