Serie A

Melhor impossível: Internazionale conquista título da Serie A sobre arquirrival Milan

A Internazionale venceu o Milan pela 33ª rodada da Serie A e, de quebra, conquistou o scudetto pela 20ª vez em sua história

Ser campeão é bom, mas ser campeão em cima do arquirrival é ainda melhor. Esse é o sentimento da Internazionale, que venceu o Milan por 2 a 1 nesta segunda-feira (22), no San Siro, pela 33ª rodada da Serie A. Com o resultado, os Nerazzurri chegaram a 86 pontos, 17 a mais do que os Rossoneri. Como restam apenas cinco jogos para o fim do campeonato (15 pontos em disputa), Simone Inzaghi é o novo dono do scudetto.

E ninguém merecia mais esse título da Serie A do que a Internazionale, que só perdeu um jogo nesta temporada: para o Sassuolo, no 1º turno da competição. É verdade que os Nerazzurri foram eliminados precocemente na Copa da Itália para o surpreendente Bologna, assim como caíram para o Atlético de Madrid nas oitavas de final da Champions League. Mesmo assim, o trabalho de Inzaghi é para se tirar o chapéu.

Com um ataque fatal, e uma defesa muito bem ajustada, a Internazionale tem muitos méritos por tudo o que construiu em 2023/24 (e nos anos anteriores com o técnico italiano). Já o Milan foi um mero telespectador, com Stefano Pioli justificando seu status na corda bamba. Não à toa, os Nerazzurri venceram os Rossoneri. Mas a verdade é que o jogo foi só um resumo do que foi a temporada.

Como foi Milan x Internazionale pela Serie A

Como um bom Derby della Madonnina, Internazionale e Milan foram a campo querendo a vitória. De um lado, Inzaghi queria conquistar o título com antecedência. Do outro, Pioli sonhava em adiar o sonho da rival o máximo possível. Por isso, o equilíbrio marçou o início do 1º tempo. Os Rossoneri buscavam chegar ao gol pelas pontas, enquanto os Nerazzurri apostavam nas transições rápidas para ir ao ataque.

E quem abriu o placar foi a Internazionale, que fez uma linda jogada ensaiada. Em escanteio cobrado na esquerda, a bola foi cruzada na primeira trave para Pavard, que ajeito de cabeça para atrás. O passe encontrou Acerbi livre na pequena área, que só completou. Dali para frente, o Milan se lançou à frente em busca do empate, criando chances perigosas.

Só que os Rossoneri passaram a deixar muitos espaços na defesa com essa estratégia, convidando os Nerazzurri a partirem em contra-ataques. A verdade é que o placar poderia ser ainda maior, tanto pelo Milan, quanto pela Internazionale. Ambos os times tiveram criaram o suficiente para isso, mas a intervenção dos goleiros – ou a falta de pontaria dos atacantes – levou tudo para o intervalo com uma diferença mínima.

Campeão com méritos

Para o 2º tempo, a Internazionale não quis nem saber de administrar o jogo. Tanto que, logo nos primeiros minutos, tratou de aumentar a vantagem sobre o Milan. Em um lançamento da defesa, Thuram dominou no ataque, cortou para o meio e acertou uma finalização rasteira para vencer Maignan. Os Rossoneri até ensaiaram assustar os Nerazzurri, mas pouco conseguiram fazer para conquistar um empate.

É verdade que o Milan conseguiu descontar com Tomori, que aproveitou um rebote de cabeça após defesaça de Sommer. Entretanto, não teve água no chopp da Internazionale, que ficou com o scudetto com bastante antecedência.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo