Itália

Mazzarri foi uma decepção sem fim e o Napoli fez o esperado: o demitiu (e já anunciou o novo técnico)

Walter Mazzari não resistiu ao trabalho ruim no Napoli e foi sacada próximo à decisão das oitavas de final da Champions League

Walter Mazzarri balançou, balançou, balançou, até cair. Nesta segunda-feira (19), o Napoli decidiu demitir o técnico após um trabalho ruim do início ao fim, que teve sua gota d'água na última rodada da Serie A, no empate por 1 x 1 com o Genoa, no Estádio Diego Armando Maradona, pela 25ª rodada. A tragédia só não foi maior graças ao gol dos Azzurri no último minuto da partida.

Mesmo assim, o Napoli e Mazzarri saíram de campo vaiados pela torcida. E não só pelo tropeço em casa, já que o italiano foi uma decepção nessa segunda passagem. Contratado em novembro para substituir Rudi García – que também começou mal a temporada -, o treinador ficou 17 jogos no cargo nos Azzurri, conquistando seis vitórias, três empates e oito derrotas. Ou seja, um aproveitamento de pouco mais de 41%.

Nesse período, Walter Mazzarri viu o Napoli ser eliminado de forma humilhante para o Frosinone por 4 x 0, nas oitavas de final da Copa da Itália. Além disso, o técnico ficou com o vice da Supercopa da Itália e perdeu para Internazionale, Juventus, Milan e Roma no campeonato. Um desempenho muito abaixo do esperado, já que o italiano ficou marcado no imaginário da torcida dos Azzurri entre 2009 e 2013.

À época, Mazzarri foi o responsável por colocar o Napoli entre os protagonistas do futebol italiano, tanto que ganhou a Copa da Itália em 2011/12. Agora, o treinador se despede com um sabor amargo, às vésperas do jogo de ida das oitavas de final da Champions League contra o Barcelona, que acontece nesta quarta-feira (21), às 17h (horário de Brasília), no Diego Maradona. E os Azzurri não perderam tempo e já anunciaram um substituto.

Napoli anuncia terceiro técnico em 2023/24

Quem vê o Napoli hoje em dia pode esquecer o título italiano conquistado na última temporada, apenas o terceiro na história que encerrou um jejum de 30 anos. Em 2022/23, Luciano Spaletti foi quem levou os Azzurri à glória, mas ele preferiu deixar o cargo. Atualmente, o treinador comanda a seleção italiana. E a saída dele foi um duro golpe para Aurelio De Laurentiis.

O dono do Napoli apostou suas fichas em García, mas se decepcionou com o resultado. Na sequência, De Laurentiis resolveu resgatar as raízes do passado ao acertar o retorno de Walter Mazzarri, que também passou longe de encantar. Agora, os Azzurri vão para seu terceiro técnico em 2023/24: Francesco Calzona, que vai assumir uma dupla jornada até o final da temporada.

Isso porque o novo treinador vai dividir suas funções no Napoli com a seleção eslovaca, que está classificada para a Eurocopa 2024. O torneio de seleções europeias será realizado entre junho e julho, e o italiano não vai largar o país totalmente. Até lá, Calzona vai ter trabalho nos Azzurri, que vai decidir sua vida na Liga dos Campeões e precisa dar uma resposta na Serie A.

Além do Barcelona, o técnico italiano quer apresentar uma reação no campeonato local, já que o Napoli está apenas na 9ª posição com 36 pontos, cinco atrás da zona de classificação para competições europeias e nove de distância para o G-4, que garante vaga na Champions League. Vale lembrar que Francesco Calzona já trabalhou nos Azzurri quanto integrou a comissão técnica de Maurizio Sarri e de Spaletti.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo