Itália

Dois brasileiros viram alvos da Juventus em sua caçada anti-Internazionale

Enquanto batalha contra a Internazionale pelo scudetto, a Juventus já está de olho em dois brasileiros para a próxima janela de transferências

A briga pelo scudetto promete ser acirrada até o fim da temporada. A Juventus está na vice-liderança da Serie A com 53 pontos em 23 rodadas, quatro pontos a menos que a Internazionale, que ainda tem um jogo a menos. Contudo, a Velha Senhora perdeu o confronto direto contra os Nerazzurri no último domingo (4), por 1 x 0, no San Siro, o que dificulta a caçada – mas não a torna impossível.

Enquanto batalha contra a Inter de Milão dentro de campo, a Juventus já está de olho no mercado da bola e tem dois brasileiros como alvos para a próxima janela de transferências. Segundo o jornal italiano Gazetta dello Sport, tratam-se de Felipe Anderson e Éderson. O meia-atacante está em final de contrato com a Lazio, enquanto o volante é um dos destaques da Atalanta em 2023/24.

Contudo, a chegada dos brazucas à Velha Senhora está ligada a algumas condições. Uma delas é Rabiot, que é um dos alicerces do meio-campo de Massimiliano Allegri. Contudo, o francês tem contrato apenas até junho e decidiu travar as negociações referentes a uma renovação até o término do Campeonato Italiano, Com isso, caso o meia decida ir embora, a Juventus vai precisar de uma reposição à altura.

E esse reforço pode ser Éderson. O volante, que recentemente completou 200 jogos na carreira, está em alta por tudo o que tem feito por La Dea desde que foi contratado. Já no caso de Felipe Anderson, sua chegada à Velha Senhora é um pouco mais provável. Como o meia-atacante não deve renovar com os Biancocelesti, a Juventus fará de tudo para ter o jogador em seu elenco para a próxima temporada.

Por que Juventus quer Éderson e Felipe Anderson?

Na janela de janeiro, a Juve conseguiu trazer Carlos Alcaraz junto ao Southampton por empréstimo até junho. Entretanto, o meia será observado antes da definição de uma compra. O verdadeiro plano da Velha Senhora era contratar Koopmeiners junto à Atalanta, que não quis fazer negócio. Aliás, La Dea chegou a recusar uma oferta de € 48 milhões (cerca de R$ 256,8 milhões na cotação atual) do Napoli no início da temporada.

A tendência é que a Juventus faça uma proposta pelo neerlandês em 2024/25. Caso Koopmeiners não dê certo, a Velha Senhora pretende aproveitar o bom relacionamento com a Atalanta para abrir conversas com outro atleta: Éderson. Em 2023/24, o volante tem cinco gols e uma assistência na Serie A, além de ser uma peça fundamental no sistema defensivo de La Dea. O brasileiro é o famoso box-to-box, jogador que vai de área a área com maestria.

Vale reforçar que Éderson também está na mira da Premier League, com Newcastle e Tottenham observando tudo da Inglaterra. Lewis Ferguson, que está brilhando no surpreendente Bologna de Thiago Motta, também está na lista de opções da Juventus. Já se tratando de Felipe Anderson, a contratação do meia-atacante é vista como fundamental para a Velha Senhora na próxima janela de transferências.

Um dos melhores jogadores da Lazio nos últimos anos, o brasileiro é visto como um jogador que pode mudar o setor ofensivo e de criação da Juve através da técnica, imprevisibilidade e assistências – além de, é claro, gols. Felipe Anderson também pode suprir uma possível saída de Chiesa, que tem contrato até junho de 2025. Como cereja do bola, o meia-atacante dos Biancocelesti chegaria a custo zero de transferência.

Se a dupla brasileira irá de fato desembarcar na Juventus, ainda não dá para cravar. Contudo, tanto Éderson, quanto Felipe Anderson, têm capacidade e potencial de engrandecer o elenco da Velha Senhora, que precisa se reforçar caso queira bater de frente com os Nerazzurri. Atual finalista da Champions League, a Internazionale caminha a passos largos rumo ao scudetto. Só que a Juve quer recuperar sue hegemonia doméstica.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo o futebol. Por mais redundante que seja, ama escrever sobre o que é apaixonado, ficando de olho em tudo o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo