Itália

Com pênalti decisivo, Lucarelli coloca o Parma a um passo da segunda divisão

Alessandro Lucarelli topou o desafio de devolver o Parma à primeira divisão do futebol italiano. “Com o Parma morri, com o Parma quero renascer”, disse o zagueiro e ídolo da torcida, quando o clube entrou em falência e precisou galgar os degraus da pirâmide a partir da quarta divisão, dois anos atrás. E, nesta terça-feira, Lucarelli teve a responsabilidade de colocar o Parma a um passo de retornar à Segundona. Bom capitão que é, converteu o pênalti decisivo na vitória sobre o Pordenone, na semifinal dos playoffs do acesso da Lega Pro, depois de 1 a 1 no tempo normal, no estádio Artemio Franchi, de Florença.

LEIA MAIS: Os 50 anos de Gianfranco Zola, um verdadeiro mágico do futebol dos anos 90

O Parma começou o seu calvário nas divisões inferiores da Itália, em 2015, depois de ter aberto falência, com dívidas na casa dos € 200 milhões, e refundado como Parma 1913. Conquistou o seu grupo regional na Serie D, com 25 vitórias e dez empates em 35 rodadas, e subiu à terceira divisão. Caiu no Girone B da Lega Pro e ficou em segundo lugar, a dez pontos do Venezia, que conseguiu acesso direto à Serie B. Precisou disputar o longuíssimo playoff do acesso, que começa nas oitavas de final. Derrotou, sem problemas, o Piacenza e o Lucchese antes de encarar o Pordenone, nas semifinais.

O Pordenone foi rival do Parma no grupo da temporada regular. Terminou em terceiro lugar, quatro pontos atrás do bicampeão da Copa da Uefa, e perdeu os dois jogos da primeira fase, dentro e fora de casa. Em campo neutro, saiu atrás, aos 15 minutos do primeiro tempo, com gol de Luigi Scaglia, da entrada da área, depois de uma cobrança de escanteio. A dez minutos do fim, Paolo Marchi empatou, completando cruzamento da direita. O placar seguiu inalterado na prorrogação, e a partida foi para os pênaltis.

O goleiro Pierluigi Frattali brilhou com duas lindas defesas, e Lucarelli teve o pênalti da classificação nos pés. Bateu alto, com muita firmeza, e fez 6 a 5 para o Parma, que agora aguarda o vencedor do duelo entre Alessandria e Reggiana, nesta quarta-feira, para descobrir quem será o obstáculo pelo acesso à segunda divisão, na partida decisiva do próximo sábado.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo