Inglaterra

Rashford diz que Ferguson apoiou desde o início sua campanha contra a fome infantil

Desde que Marcus Rashford começou a pressionar para que o governo não encerrasse um programa que alimenta crianças e a realizar outras campanhas para erradicar a fome infantil, muitos críticos têm dito que ele deveria se concentrar apenas em jogar futebol. Desde o início também, o atacante do Manchester United pode contar com um apoio dos mais importantes ao seu ativismo: de Alex Ferguson.

Ferguson doou £ 2 milhões ano passado para uma instituição que combate a fome infantil da qual Rashford é embaixador, dizendo que “você fica chocado com a quantidade de pessoas que precisam de comida”, e incentivou o garoto de 23 anos a lutar por aquilo que acredita.

“Ele sempre, desde o início, apoiou o que eu estava fazendo. Quando outras pessoas estavam me dizendo para focar apenas no futebol, ele disse que, se eu acreditava naquilo, se eu acreditava que era a coisa certa a fazer, ele me apoiaria”, afirmou Rashford ao receber um prêmio da Associação dos Jornalistas de Futebol.

Embora tenha sido Van Gaal quem promoveu a estreia de Rashford no Manchester United, Ferguson conhecia o garoto das categorias de base. “Eu o conheço desde os sete anos e o vi se desenvolver pelas categorias de base até se tornar uma pessoa realmente incrível”, afirmou. “Além da sua vida no futebol, o que ele conseguiu nos últimos meses é espantoso, como ele ajudou as pessoas é realmente um feito incrível”.

“Quero dar os parabéns a ele por isso. Ele mostrou aos jovens que há uma maneira diferente de lidar com a vida. Ele mostrou grande humildade e coragem para fazer o que fez”, completou.

Rashford escreveu uma carta, em junho, pressionando o governo a manter o programa de vouchers alimentares a crianças carentes que seria descontinuado durante a pandemia. Em uma nova vitória em novembro, garantiu reunir apoio da sociedade civil para garantir um pacote de £ 400 milhões em auxílio a crianças pobres e suas famílias.

.

Foto de Bruno Bonsanti

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.
Botão Voltar ao topo