Eurocopa FemininaInglaterra

Rainha Elizabeth II parabeniza campeãs da Euro Feminina: “Vocês são inspiração para meninas e mulheres”

Elizabeth II diz que a conquista da seleção inglesa na Euro vai muito além do título e acredita que gerará um impacto futuro

A Rainha Elizabeth II se parabenizou a seleção inglesa feminina pela conquista da Eurocopa Feminina neste domingo. A vitória por 2 a 1, na prorrogação, selou o primeiro título inglês em uma Eurocopa, seja no masculino ou no feminino. O título é muito importante, mas a monarca diz que o impacto causado pela conquista vai além da taça: é um exemplo para as meninas e mulheres.

A Euro Feminina foi de recordes. Ainda na fase de grupos, o torneio quebrou a marca de público com 15 jogos pela frente. Viu diversas boas histórias, como a recuperação de Alexandra Popp, craque que acabou fora da final por uma lesão no aquecimento da decisão. As inglesas fizeram uma campanha fantástica para chegar à decisão e conquistar o título, o que as coloca no mais alto patamar do futebol europeu e as credencia a brigar também pelo topo na Copa do Mundo.

A conquista é histórica e é o primeiro título inglês no futebol desde a Copa do Mundo de 1966, realizada também na Inglaterra. Quando, aliás, Elizabeth II já era rainha: ela foi coroada em 2 de junho de 1953, após a morte do seu pai, George IV. Aos 96 anos, a sua manifestação tem um peso grande e a rainha mandou uma mensagem à seleção inglesa feminina para dar os parabéns às campeãs.

“Meus mais carinhosos parabéns, e os da minha família, vão para vocês pela vitória no Campeonato Europeu de Futebol Feminino. É uma conquista significativa para toda a equipe, incluindo a comissão técnica”, disse a rainha britânica, em comunicado. “O campeonato e seu desempenho neles ganharam elogios com razão. No entanto, seu sucesso vai muito além do troféu que vocês mereceram”.

“Vocês todas deram um exemplo que será uma inspiração para meninas e mulheres hoje e para as gerações futuras. É minha esperança que vocês fiquem tão orgulhosas do impacto que tiveram no seu esporte quanto do resultado de hoje”.

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo