Eurocopa Feminina

Edição de 2022 já é a Euro Feminina com mais público da história – ainda com 15 jogos pela frente

O último jogo da segunda rodada levou o total de público a 248.075 pessoas, superando as 240.055 de 2017, na Holanda

França e Bélgica encerraram a segunda rodada da fase de grupos da Eurocopa 2022 nesta quinta-feira em Rotherham, marcando a metade da competição com 30 partidas previstas, e as 8.173 pessoas que compareceram ao estádio Nova York foram mais do que suficientes para bater o recorde geral de público da competição, superando a edição anterior, sediada na Holanda.

O público total dos primeiros 15 jogos da Eurocopa da Inglaterra foi de 248.075 pessoas, superando as 240.055 que haviam pagado ingresso para ver a competição de 2017. O recorde será bastante ampliado porque ainda serão disputados todos os jogos da terceira rodada da fase de grupos, todo o mata-mata e a grande decisão marcada para Wembley, com capacidade para quase 90.000 espectadores.

A Euro 2022 ganhou uma ótima dianteira logo em seu primeiro jogo, quando 68.871 pessoas encheram o estádio Old Trafford para ver a estreia da dona da casa, batendo o recorde de público de uma única partida do torneio. A marca anterior era da final de 2013 na Suécia, quando a Alemanha venceu a Noruega diante de 41.301 espectadores. Esse recorde provavelmente será novamente batido na final.

O jogo entre Espanha e Finlândia, ainda na primeira rodada, recebeu 16.819 visitantes em Milton Keynes, o maior público da Eurocopa feminina em uma partida que não envolveu a seleção anfitriã. Essa marca foi superada novamente, 24 horas depois, pelas 21.342 pessoas que viram Holanda x Suécia em Sheffield.

Essa tem sido uma temporada especial para as arquibancadas do futebol feminino. Durante o mata-mata da Champions League, o Barcelona quebrou duas vezes o recorde de maior público da história de um jogo da categoria – que era a final da Copa do Mundo de 1999. Primeiro, lotou o Camp Nou com 91.553 pessoas para as quartas de final contra o Real Madrid. Depois, 91.658 torcedores assistiram à goleada implacável por 5 a 1 sobre o Wolfsburg, na semifinal.

Foto de Bruno Bonsanti

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.
Botão Voltar ao topo