InglaterraPremier League

Mané, Tadic e contra-ataques fizeram a festa na defesa do Manchester City

Diante da chance de disputar a decisão da Champions League, com o jogo de volta das semifinais na próxima quarta-feira, contra o Real Madrid, no Santiago Bernabéu, o técnico Manuel Pellegrini poupou alguns dos seus principais jogadores para o jogo deste domingo, contra o Southampton. E pagou caro por isso. Com uma defesa frágil, o Manchester City perdeu por 4 a 2 e ainda precisa confirmar um lugar entre os quatro primeiros da Premier League.

LEIA MAIS: Manchester City tem muito a comemorar com o talento de Iheanacho

Mesmo jogadores em campo que podem ser titulares no Bernabéu, como Otamendi, Navas e Nasri, não mostraram grande futebol diante do Southampton, que teve em Sadio Mané, Tadic e nos contra-ataques suas grandes armas para construir o placar. A defesa com o argentino ao lado de Mangala, e Demichelis no meio-campo, foi presa fácil.

O meia sérvio deu três assistências e o atacante senegalês marcou três gols. A fase de Mané é ótima. Foi o seu terceiro jogo seguido de Premier League indo às redes. Com outros dois tentos diante do Liverpool, soma sete gols nas últimas seis rodadas.

O Southampton, em outra grande campanha, subiu à sétima posição, com dois pontos e um jogo a mais que o Liverpool. O Manchester City, por sua vez, tem quatro pontos de vantagem para o Manchester United e também uma partida a mais para disputar. A briga pela quarta posição está aberta.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo