Inglaterra

Manchester United terá mais mudanças na era Jim Ratcliffe: agora, é Eric Ramsay que se despede

Eric Ramsay, promissor auxiliar do Manchester United, deve trocar o clube inglês pelo Minnesota United

Desde a confirmação da compra de 25% do Manchester United pela empresa INEOS, o que inclui o controle do futebol, em dezembro do ano passado, muitas mudanças aconteceram. O novo CEO será Omar Berrada, ex-executivo do rival Manchester City, enquanto Dan Ashworth já informou ao Newcastle que ocupará o cargo de diretor esportivo dos Red Devils. A imprensa inglesa ainda publicou a expectativa de um corte de 300 funcionários do clube por parte da companhia do bilionário Sir Jim Ratcliffe. Agora, mais uma troca, dessa vez na comissão técnica, mas não por escolha da INEOS.

O jornal The Athletic publicou que Eric Ramsay, um dos auxiliares de Erik Ten Hag no Manchester, está próximo de ser tornar técnico principal do Minnesota United, da Major League Soccer. Aos 32 anos, ele chegaria para ser o mais jovem treinador trabalhando na elite dos Estados Unidos e, sem contar interinos, seria o mais novo da história da MLS.

Ramsay é um profissional prestigiado no mercado e, mesmo jovem, já despertava interesse de outros clubes para ser o treinador principal. No ano passado, Blackpool, hoje na terceira divisão, e Swansea City, da Championship, o segundo escalão do futebol inglês, demonstraram interesse no auxiliar galês.

Dentro do United, foi subindo degraus de importância. Inicialmente, quando chegou em 2021 sob comando de Ole Gunnar Solskjaer, era o treinador de desenvolvimento de jovens e de bolas paradas. Continuou quando Ralf Rangnick chegou e, a partir de Ten Hag, ganhou mais funções na comissão do clube.

Eric Ramsay também trabalhou na Seleção de País de Gales por seis meses em 2023 e ganhou elogios do técnico Rob Page: “ele é indiscutivelmente um dos melhores jovens treinadores do futebol neste momento”.

Ramsay na seleção do País de Galês (Foto: Icon Sport)

Antes do United foi auxiliar técnico no sub-23 do Chelsea e técnico principal do sub-18 do Swansea. Também trabalhou no Shrewsbury, inicialmente como coordenador técnico das categorias de base e depois como auxiliar.

No Minnesota United, o promissor Eric Ramsay encontrará um elenco com bons valores individuais. O destaque é o meia argentino Emanuel Reynoso, há quatro anos na equipe, e ainda tem Teemu Pukki e Robin Lod, dupla conhecida na Europa. Para 2024, contratou o jovem meio-campista Caden Clark, de 20 anos, considerada uma das grandes promessas dos EUA, mas que não engrenou no RB Leipzig, além do sueco Victor Eriksson e do atacante Jordan Adebayo-Smith, formado no futebol inglês.

Desde que estreou na MLS, em 2017, o Minnesota só teve Adrian Heath, inglês com longa carreira como jogador, de técnico e ainda não conquistou o título nacional. A franquia demorou a se mexer no mercado de treinadores, visto que Heath saiu em outubro do ano passado.

Enquanto Ramsey não chega definitivamente, o técnico do time B do Minnesota, Cameron Knowles, comanda as partidas dos Loons. A estreia na MLS 2024 acontece no próximo sábado (24), em casa, contra o Austin FC. A equipe também disputa a Leagues Cup nesta temporada.

O futuro profissional adotado pelo Manchester United

A nova gestão da INEOS adota, aparentemente, uma gestão muito mais profissional ao futebol do Manchester United em comparação à família Glazer, dona do clube desde 2005. Além do novo CEO e diretor de futebol, ambos com uma bagagem absurda no futebol, farão parte do conselho esportivo dos Red Devils dois membros da empresa: o chefe de esportes Sir Dave Brailsford e o presidente Jean Claude Blanc, chamado de “Messi dos negócios”, com passagens pela gestão de Paris Saint-Germain e Juventus.

Se dará certo ninguém sabe, mas para o torcedor, que acostumou ver uma gestão trocar sucessivamente de técnicos após a aposentadoria de Sir Alex Ferguson e gastar milhões e milhões com jogadores que não corresponderam, parece um futuro promissor.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo