Inglaterra

Por que a possível saída de Ederson não assusta Guardiola e Manchester City

Stefan Ortega é avaliado como capaz de substituir o goleiro brasileiro, caso ele realmente saia rumo ao futebol saudita

Parece que a era Ederson no gol do Manchester City está próxima do fim. Após sete anos de sucessos, vencendo todos os títulos possíveis, o goleiro brasileiro de 30 anos vê com bons olhos uma ida à Arábia Saudita.

A imprensa inglesa publica que o Al Nassr quer o jogador da seleção brasileira e ofereceu salário de 30 milhões de euros por temporada em contrato de 2 anos, ainda precisando negociar uma cláusula com a equipe inglesa.

O que poderia ser um caos por perder o goleiro titular, aquele que fez a melhor atuação da carreira para garantir o título da Champions League em 2022/23, é tratado de outra forma internamente nos Citizens.

Para Manchester City e Guardiola, saída de Ederson tem solução no próprio elenco

Ederson, Stefan Ortega e Scott Carson, os três goleiros do Manchester City, durante treinamento
Ederson, Stefan Ortega e Scott Carson, os três goleiros do Manchester City, durante treinamento (Foto: Icon Sport)

Os azuis de Manchester não querem que o arqueiro brasileiro saia, mas, se for o que ele quiser, não haverá oposição, segundo o jornalista Fabrizio Romano.

E os ingleses também não buscarão um substituto. O motivo? O reserva, Stefan Ortega, de 31 anos, no clube desde 2022 e que tem ganho oportunidades como titular nas copas ou quando Ederson esteve lesionado.

Inclusive, o substituto alemão acabou de renovar seu vínculo para junho de 2026. O contrato anterior ia apenas até o meio do ano que vem.

– Estou encantado por ficar no Manchester City por mais tempo. O que aconteceu nestes dois anos é incrível. Acho que sou uma pessoa totalmente diferente do que era há dois anos e isso significa muito para mim – afirmou ao site do clube no início de junho.

Na primeira temporada no City, Ortega jogou apenas três vezes na Premier League, mas era o dono do gol nas copas, sendo o titular na decisão da Copa da Inglaterra, vencida com vitória sobre o rival Manchester United.

Vimos mais do nível do arqueiro alemão em 2023/24, quando Ederson sofreu três problemas físicos diferentes.

Ortega atuou 20 vezes na última temporada e protagonizou um dos momentos mais marcantes do City na história do Campeonato Inglês.

Em jogo atrasado contra o Tottenham, o penúltimo dos Citizens na PL 23/24, Stefan saiu do banco para substituir Ederson aos 69 minutos por uma lesão na cavidade ocular.

Aos 41 do segundo tempo, com o placar 1 a 0 a favor do líder do Campeonato Inglês, o atacante Son Heung-min, dos Spurs, saiu na cara do gol e finalizou cruzado, para intervenção precisa de panturrilha de Ortega.

O City até ampliou o placar no fim e manteve a diferença de dois pontos para o Arsenal, que seria determinante ao vencer na rodada final e levar o tetracampeonato consecutivo na Inglaterra, algo até então inédito.

Ele [Ortega] nos salvou, caso contrário o Arsenal seria campeão da Premier League. – assumiu Guardiola, à época.

Mas não é apenas por essa defesa que o clube inglês irá apostar nele para ser o dono do gol.

Sempre que foi acionado, Ortega se mostrou um goleiro acima da média, às vezes chamado de “o melhor substituto do mundo”, também bom na saída de jogo com os pés.

Na vitória de 4 a 2 sobre o Crystal Palace, em abril, o goleiro viralizou ao dar um drible à la Johan Cruyff em cima de Jean-Philippe Mateta na entrada da pequena área.

Stefan é o melhor segundo goleiro que tivemos, nos dando qualidade, estabilidade e experiência. – elogiou o diretor de futebol do Manchester City, Txiki Begiristain, quando o atleta renovou o contrato.

Mesmo jogando apenas nove vezes na última Premier League, terminou como o sétimo goleiro com mais gols evitados (2.03), acima de Ederson (0.66), segundo o SofaScore – estatística somada a partir do “gol esperado”.

Somando os 34 jogos que fez no City nesses dois anos, sofreu 26 gols, mas era esperado que sofresse 37, segundo a plataforma de análise Opta.

A carreira nada tradicional de Stefan Ortega

O goleiro Stefan Ortega chora em sua despedida pelo Arminia Bielefeld, clube que o revelou para o futebol
O goleiro Stefan Ortega chora em sua despedida pelo Arminia Bielefeld, clube que o revelou para o futebol (Foto: Icon Sport)

O possível goleiro titular do City em 2024/25 não tem nada de midiático em sua trajetória no futebol. Nunca passou pela seleção principal da Alemanha e ficou boa parte da carreira na segunda divisão do país.

Cria da base do Arminia Bielefeld, se profissionalizou por lá em 2011 e três anos depois foi para o Munique 1800. Em ambos, alternou entre titular e reserva.

A consolidação da carreira de Ortega vem a partir de 2017, quando volta ao Arminia e passa a ser o dono do gol da modesta equipe.

Ele é peça essencial no acesso com título em 2019/20 e ajuda o clube a se manter na Bundesliga na primeira temporada, mas não consegue impedir a queda em 2022.

Com o contrato acabando no time alemão, se juntou ao City em acordo de graça.

Apesar do próprio jogador ter especulado uma possível saída na atual janela, justificando ser uma decisão junto à esposa, grávida do segundo filho do casal, ele seguirá em Manchester.

Ortega promete ser importante no que pode ser a última temporada com Guardiola, que tem contrato até 2025.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Nascido e criado em São Paulo, é jornalista pela Universidade Paulista (UNIP). Já passou por Yahoo!, Premier League Brasil e The Clutch, além de assessorias de imprensa. Escreve sobre futebol nacional e internacional na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo