Inglaterra

Lampard após Everton tomar 4 a 0 do Minnesota United: “Não há dúvida que precisamos de contratações”

Perspectivas do Everton parecem muito ruins depois de lutar contra o rebaixamento na temporada passada e Lampard pede contratações

A temporada do Everton não parece promissora neste momento. Depois de lutar contra o rebaixamento na temporada passada, escapando do descenso no último jogo, os Toffees fazem uma pré-temporada que já causa preocupação. O time perdeu do Arsenal e, muito pior, tomou 4 a 0 do Minnesota United. O técnico Frank Lampard está preocupado e disse que o time precisa de contratações.

“Os jogadores têm que entender que estávamos em uma batalha contra o rebaixamento em grande parte da última temporada”, afirmou Lampard. “Tivemos uma noite incrível (na última rodada, a virada contra o Crystal Palace que garantiu a permanência) e uma sequência incrível, mas assim que acabou, deixei para trás muito rapidamente, então os jogadores tem que deixar para trás também porque estávamos naquela luta por uma razão. E não queremos estar naquela situação novamente, eles querem ser melhores e eu tenho que ser melhor”.

O técnico falou sobre a derrota por 4 a para o Minnesota United. “Como clube, reforça a situação em termos do que precisamos fazer com o elenco, porque tem que ser mais forte do que aquilo que vimos”, continuou o treinador.

Lampard ressalta a importância de fazer contratações para reforçar o elenco. “Não há dúvida sobre isso. Quando você pensa onde estávamos no ano passado, perdemos um grande jogador em Richarlison. Desejamos bem a ele, mas nosso clube agora continua. Sabemos que há um vazio no ataque, estamos com poucos jogadores ali”, afirmou o treinador dos Toffees. “Além disso, no time há coisas que quero fortalecer e posso ser honesto sobre isso, porque um clube como o Everton precisa ter um elenco competitivo”.

Grupos de torcedores organizam um protesto para o sábado, em horário diferente do jogo, para não distrair o time. O alvo é bastante claro: Farhad Moshiri, que rejeitou negociações sobre uma aquisição do clube por outros clubes e para revisar o conselho do Everton após seis anos como proprietário, considerados caóticos e prejudiciais ao clube pelos torcedores.

“A atual liderança do Everton, incluindo o atual presidente (Bill Kenwright), diretoria e executivos, ficam muito atrás dos requerimentos de um clube de futebol moderno em termos de habilidades, experiência comercial, governança e ambição. Essa conclusão é evidenciada pela total má gestão das operações de futebol (apenas agora sendo tratadas por Kevin Thelwell {diretor de futebol], Frank Lampard e seu time), o desempenho financeiro do clube, (levando a prejuízos recordes e restrições significativas nas atuais e futuras atividades de transferências) e preocupações sobre o futuro da propriedade do clube e o financiamento do clube, incluindo o estádio em Bramley Moore”, diz o comunicado do grupo de torcedores 27 Campaign.

“Mais oportuno, há apenas duas semanas do início da temporada, o clube está em dificuldades no mercado de transferências, tendo vendido seu principal jogador, Richarlison, e sem indicações de fortalecimento do elenco, desesperadamente necessário tanto para o técnico quanto para os torcedores”, diz ainda o comunicado dos torcedores.

Tudo indica que será uma longa temporada para o Everton. O clube estreará na Premier League no dia de 6 de agosto, contra o Chelsea, um dos times mais fortes da liga. Antes, fará amistosos contra o Blackpool, no próximo domingo, dia 24, fora de casa; e depois faz um amistoso contra o Dynamo Kiev, no dia 29, último antes do início oficial da temporada.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo